Recicle-se

Vem aí a etiqueta verde!

Você já ouviu falar em “greenwashing”? O termo é usado quando uma marca se passa por ecologicamente correta, mas na verdade está fazendo apenas uma ação de marketing, sem consistência! 

Para combater esta prática e criar um padrão único e reconhecível para o consumidor, a Comissão Europeia está implantando uma "ecolabel" para produtos têxteis, vestuário, calçado e couro!

A etiqueta "verde" é uma forma de atrair o consumidor para escolher produtos mais sustentáveis e se conscientizar do seu impacto. Vai ser obrigatória na União Europeia a partir de 2023!

Com a Ecolabel, as marcas passam a adotar critérios específicos sobre a pegada ambiental de cada produto de acordo com seu ciclo de vida útil.

Hoje, cada marca adota um critério para qualificar seu produto como sustentável. Com a nova lei, passa a existir um sistema de identificação único, semelhante ao criado no mercado de eletrodomésticos.

A comissão quer criar 16 categorias de acordo com o impacto ambiental gerado pro cada item, levando em conta toda a cadeia produtiva: desde a origem da matéria-prima até o fim da vida útil da peça.

Entre os pontos avaliados, estão o impacto da peça na camada de ozônio, grau de toxicidade com efeitos cancerígenos e índice dos poluentes.

Você como consumidor pensa na sua responsabilidade social e ambiental ao escolher o que vai comprar?

Para mais sustentabilidade, clique aqui!