Recicle-se

Britânicos querem roupa mais durável!

Sabe aquela roupa que você compra porque está barato, mesmo sabendo que não vai usar muito e ela tampouco vai durar? Para os britânicos, isso não faz mais sentido!

Um estudo realizado pela Leather UK com 2 mil compradores britânicos mostra que eles não aprovam mais a compra de algo que dura pouco tempo no armário.

Segundo a pesquisa, 47% dos entrevistados pensam no impacto ambiental antes de comprar uma peça. E 35% admitem comprar menos roupas hoje do que alguns anos atrás.

51% dizem que usam a roupa por mais de 10 anos, principalmente jeans e couro. Para eles, se a peça estiver em bom estado, ela deve ser usada!

Além disso, os britânicos estão mais propensos a comprar em lojas vintage e de revenda e em alugar roupas, especialmente os jovens.

Um problema apontado pelos entrevistados é a dificuldade em avaliar a sustentabilidade de uma peça antes de comprá-la.

O projeto da União Europeia para a criação de uma etiqueta verde (saiba mais aqui!), que estabelece um padrão único para as marcas, vai ajudar o consumidor a fazer escolhas mais conscientes.

Pesquisas, como a da Ecos Organization, mostram que usar uma peça por mais tempo ajuda a diminuir a pegada de carbono.

A estilista Vivienne Westwood (foto) é superengajada na causa. Ao prolongar a vida útil de uma roupa por nove meses, teremos uma redução entre 20% e 30% da pegada de carbono. Uau!

Outra medida que pode contribuir para um planeta mais sustentável é o maior uso do ecodesign. 80% do impacto ambiental de um produto pode ser determinado nesta fase de projeto.

Com mais ecodesign e regras claras para a criação de uma roupa, é possível gerar menos lixo têxtil. Entre as regras, estão a garantia da durabilidade mínima e da reciclagem!

Que tal incorporar um consumo mais consciente no seu dia-a-dia?

Para mais sustentabilidade, clica aqui!