Categorias: Moda

Apps, gagdets, objetos… fale com eles. Em um museu!

26.07.2011

Reprodução

Image 1 of 5

Imagina se os objetos reagissem às ondas sonoras da nossa voz?

O assunto por excelência do Blog LP é moda, e isso você sabe muito bem. Mas a gente também sempre está de olho no que é o assunto do momento, porque onde há fumaça (e assunto) há fogo (e tendência). E um dos nossos assuntos preferidos é tecnologia. Então acompanhe: com as últimas invenções, mais o iPad 2 e outros tablets (e a espera do iPhone 5 – tem rumores de que ele vai carregar com energia solar, imagina?!), o mundo da “interatividade” que já foi tão discutido (lembra do “Você Decide“?) parece cada vez mais concreto. E mesmo com tantas exposições fashion em cartaz ao redor do mundo, uma das que mais fazem o nosso coração palpitar é… a “Talk to Me“.

Em cartaz no MoMA de NY desde o último domingo, 24/07, ela se dedica a mostrar (e discutir) a comunicação entre pessoas e objetos. Mas isso é só o começo: além de forma, função e significado, agora se espera informação e até emoção do design. Os meios? Interfaces, gráficos… Digamos que o seu Tamagochi cresceu. Por exemplo: qua tal um livro infantil com um espaço pra você enfiar (literalmente) seu celular dentro – e na telinha dele aparece um conteúdo complementar que permite que você corte o cabelo do personagem ou cuide das cáries dele com o touchscreen. É o projeto Phonebook (iPhone + livro) de 2009, de Yuki Kishi, Saori Watanabe e Shinya Kishiro. E o Tio, também de 2009, de Tim Holley – um passarinho iluminado que ajuda a ensinar as crianças a economizar energia. Ele fica bravo e vermelho quando a luz fica acesa por muito tempo!

VEJA TAMBÉM: Um vestido que esquenta
LEIA MAIS: Sugestões de capas e cases pra você comprar pro seu iPad

Se você espera por coisas mais artísticas, também tem o vídeoCross-fire from the Natural Occurrence series” de Geoffrey Mann, de 2010, que usa o diálogo da briga entre os personagens de Kevin Spacey e Annette Bening em “Beleza Americana” mas mostra uma mesa de café da manhã minimalista. A medida que o diálogo acontece, a louça “treme” com um efeito especial, como se as ondas de som das vozes fizesse os pratos, o bule, os copos e os talheres… vibrarem. Imagina? Tem muito mais por lá, na expô que dura até 7/11. Se você não conseguir passar pela Big Apple nesse intervalo de tempo, pelo menos visite o site – vale a pena!

Tags:                                                  

Compartilhar