Tendência do outono-inverno 2015/16: cubra-se!

16.03.2015

E outro efeito decorativo que vai pegar no inverno é esse bordado tipo pastilha, em quadradinhos, seja em recortes de tecido ou paetês. Na foto tem Giorgio Armani, Rodarte e Chanel
Outro metal: ilhós, rebite… Os aviamentos tomam o lugar dos bordados. Aqui na Mugler, Balenciaga e Anthony Vaccarello
Quanto mais purpurina melhor nos looks de festa. O metalizado ganha camadas de glitter como na Balmain, Rodarte e Christopher Kane
Sabe o abotoamento duplo tendência da semana masculina? Ele também bombou nos desfiles femininos, inclusive nas saias, como se vê na Dolce & Gabbana e Michael Kors, e nos casacos como o da Calvin Klein, que ainda tem botões enormes bem anos 60. Os botões destacados estão com tudo!
Ao mesmo tempo, tem bastante decote nos vestidos com a silhueta império usada pela Burberry, Prada e Valentino (em versão mais romântica, como de costume)
E se as golas são românticas, as mangas acompanham a pegada: mais bufantes na Marc Jacobs, Miu Miu e Tom Ford
Mais Valentino, Oscar de la Renta e Altuzarra
Este pudor tem a ver também com o clima vitoriano, com golas altas e babados, tendência vista na Givenchy, Miu Miu…
E se na Vuitton a gola alta tem recorte mostrando o colo, vale dizer que a maioria das marcas foi no caminho contrário e cobriu os decotes de vestidos superfemininos com blusas por baixo
Os canelados ou efeitos parecidos dão a textura da vez nas blusas mais ajustadas da Céline, Louis Vuitton e Alexander Wang
Grafismos! Teve na Fendi, Valentino, Loewe e Chanel, sempre em, looks inteiros, pra ficar bem drama mesmo
Ou na saia misturada com jeans do Tom Ford e nos vestidos inteiros, tipo mulher das cavernas transportada pros dias de hoje na Fendi e Dior
E a pele aparece em janelas, como na Prada, Rochas e Peter Pilotto
Ovelhismo: os casacos peludos podem ser ou não de ovelha, mas é esta aparência que pega na próxima temporada de inverno, como visto na passarela da Fendi, Chloé e Lanvin
Os laçarotes na gola das blusas são uma constante na passarela. Aqui, na Valentino e na Gucci, ótimos exemplos
O étnico invernal tem jeito de tapeçaria na Lanvin, Dries van Noten e Tory Burch
Céline, Burberry e Kenzo
E também tem os ponchos: Chloé e Chanel…
Mais Burberry com franjas, a dos astros de Emilio Pucci e a preta da Valentino
Pelerine pra todos! Dolce & Gabbana, Marc Jacobs, Versace…
Parquet: sabe aquele piso geométrico de encaixe? Os recortes da Tom Ford, Calvin Klein e Salvatore Ferragamo lembram essa referência
E também tem as versões mais estilizadas da Dior e Céline
Mais Max Mara, Louis Vuitton e Marc Jacobs com casacos inteiros estampados de leopardo ou cobra, os grandes destaques na fauna do outono-inverno 2015/16
Roar! A selva é aqui: Miu Miu, Tom Ford, Burberry…
Versace, Gareth Pugh e Alexander Wang, do comercial ao conceitual
Acolchoados: conforto invernal chega com tudo na Moschino, Fendi, Max Mara e mais… Vem ver!

Há um mix de referências que passeia entre séculos nos desfiles de outono-inverno 2015/16. Tem silhueta império pra fazer a linha Josefina Bonaparte e ao mesmo tempo uma tendência vitoriana de cobrir o colo (e as pernas!) com golas altas e babados, laçarotes enormes e até blusas por baixo de vestidos superfemininos, num pudor monástico que combina com as capas, pelerines e ponchos superbombados nas coleções.

Veja mais: Abotoamento duplo nas passarelas

E como é inverno, esta mulher se cobre com casacos acolchoados e se esquenta com peles (sintéticas ou não) em casacões ou em detalhes aplicados, inclusive formando padronagens gráficas que aparecem também como estampas em looks inteiros. Grafismos de lado, os animais da vez são o leopardo e a cobra, que se revezam em casacões ou se unem por recortes, num mix de estampa selvagem. É pra jogar em cima de uma saia de abotoamento duplo, de um vestido com ilhós ou de muito glitter! É tudo tendência e você vê, direto das passarelas, aqui na galeria!

Tags:                                                          

Compartilhar