Subversão em marca de moda praia – conheça a Ken-gá!

14.01.2017

Pras que preferem o pretinho básico, tem o maiô mais decotado nas costas (R$ 198). O que achou?
Dourados são os queridinhos da coleção! O top custa R$ 97 e a calcinha R$ 98
Muito brilho na Ken-gá! A sunga custa R$ 135 e o vestido de tule R$ 120
Um maiô bem legal pra usar na rua! (R$ 244)
Preto com tiras (R$ 222)
Tem acessório também, como essa pochete de gatinho dourada (R$ 120) combinando com a sunga (R$ 120)
Maiô dourado com cava mais alta (R$ 198)
O conceito por trás da Ken-gá é bem empoderador – vem conhecer as peças clicando na foto!

A origem do nome da Ken-gá, marca de Lívia Barros e sua sócia Janaina Azevedo, vem da palavra pejorativa “quenga”. Rolou uma brincadeira pra que a palavra mudasse de conotação e se transformasse em algo empoderador, de força. Segundo Lívia, sempre foi incômodo ver que “a mulher que é taxada de bitch, quenga, na verdade é aquela que incomoda por ser autêntica”. E assim é a estética da 1ª coleção da marca de moda praia – autêntica, glamourizada, mas que pode ser usada tanto na rua quanto na praia.

Confira: Tênis com cadarço de lurex da Paula Torres com Carol Bassi

Com o trocadilho do nome, veio o trocadilho do segmento: ao invés de beachwear, “bitchwear”! Subverter as regras é importante pra Ken-gá, que levanta a bandeira contra os padrões de beleza vigentes: “Todas podem ficar lindas em um maiô dourado, não precisa ser magra. O mais importante é subverter a palavra, pra que ninguém mais tenha o direito de controlar nosso vestir”, diz. Pra 2ª coleção, Lívia e Janaina preparam modelagens até o número 60, pensando nas plus size. E pra comprar, é só pedir pelo Instagram da marca! Confira mais fotos na galeria, acesse acima!

Ken-gá: kengawear@gmail.com

Tags:                      

Compartilhar