Um Scandale com Halle Berry

24.10.2014

Atriz, mas também uma mulher de negócios. Halle Berry estava passeando pelas ruas de St. Germain em Paris quando descobriu a Scandale. A marca de lingerie foi fundada pelo designer têxtil Robert Perrier em 1932 e é conhecida por seus anúncios vintage incríveis. Halle percebeu que aquela história tinha potencial e se uniu a Erik Ryd, o fundador da marca de underwear Hop Lun sediada em Hong Kong – os dois compraram a Scandale (cada um tem 50%), rebatizaram-na de Scandale Paris e vão relançá-la pro mercado norte-americano, mais especificamente na Target.

E o vídeo da Agent Provocateur com direção da Penélope Cruz?

Essa 1ª coleção tem 10 peças, que custam de US$ 7 a US$ 18 e chegam na segunda, 27/10, nas lojas americanas. A ideia é vender esse glamour e sofisticação parisiense pra consumidora dos EUA. “Acho que as mulheres querem se sentir sexies e belas. Elas querem roupa de baixo que seja muito funcional mas ainda assim [querem] se sentir lindas quando tiram a roupa. Isso que é realmente importante e isso é um jeito de fazer as mulheres se sentirem sexies e valorizadas (…). E eu amo lingerie. Isso sempre foi importante na minha vida. Esse [a compra da marca] é um esforço muito importante que sinto que faz sentido com quem sou”, Halle contou pro WWD. Na galeria você confere um preview – clica na foto!

Tags:                    

Compartilhar