Categorias: Moda Tendências

Saint Laurent cancela desfiles! No Brasil, mercado da moda quer rever calendário em geral

28.04.2020

Foto Divulgação

Desfile da Saint Laurent em Paris, com torre Eiffel ao fundo – marca quer ter agenda própria 

Nesta segunda-feira, 27/04, a Saint Laurent anunciou que não participará dos desfiles previstos para este ano. Aproveitando o momento da quarentena imposta pelo isolamento do coronavírus, a marca francesa quer buscar uma agenda própria, adequada ao seu ritmo e seus valores, estabelecendo um novo calendário.

Por aqui, no Brasil, várias marcas têm feito o mesmo exercício para reinventar e mudar processos viciados que já não servem mais. O calendário da moda praticado até o começo de 2020 vinha sendo criticado por estimular a produção em massa, a má remuneração do trabalhador, a desvalorização da mão de obra nacional e da própria criação em si.

Foto Divulgação

O mercado nacional também estuda mudanças no calendário da moda – acima, desfile da Apartamento 03 há um ano

Entre os pontos que recebem alta adesão de marcas pequenas, médias e até grandes está a mudança das datas de vendas em showroom, lançamento nas lojas e a própria liquidação. As coleções de verão chegariam às lojas entre agosto e setembro e entrariam em liquidação em fevereiro. O inverno teria lançamento nas lojas em abril e liquidação em agosto. 

As datas propostas parecem bem mais adequadas à realidade dos novos tempos, que pedem menos desperdício e mais durabilidade – e o momento não poderia ser mais propício para promover mudanças que fortaleçam um dos setores da economia mais prejudicados pela pandemia. Sabendo que a indústria têxtil gera 9,5 milhões de empregos diretos e indiretos, sendo 75% mulheres.

Tags:                

Compartilhar