Rita Ora (no Brasil) sobre Cara: “Somos como irmãs”

28.03.2013

Olha o detalhe do anel-pulseira dela
Se divertiu!
Respondeu perguntas dos jornalistas
Rita Ora chegou e posou pros fotógrafos…

Rita Ora lançou seu disco de estreia em 2012 e começou sua primeira turnê mundial este ano – e nesse ritmo a coisa vai longe! Aos 22 anos ela, naturalizada britânica, é apadrinhada por Jay-Z, fará uma ponta no longa “Velozes e Furiosos 6” e é queridinha de Karl Lagerfeld.

Rita Ora usa figurino de Peter Dundas, da Pucci, em sua turnê

Diz que sua relação próxima com a moda tem a ver com o namoro com Cara Delevingne, que ela não confirma, apesar das duas serem figuras fáceis nas redes sociais uma da outra. E se lá fora chovem contratos na área pra cantora, no Brasil não é diferente: ela está aqui pra gravar a campanha de Dia dos Namorados da C&A, que se inspirou em seu estilo pra uma coleção especial dentro da linha Pop Fashion, nos mesmos moldes das colaborações da rede com Fergie, Christina Aguilera e Beyoncé. Sentiu as companhias de peso da moça, né?

Durante a estadia pra gravar e fotografar com Jacques Dequeker, Rita conversou com a imprensa sobre moda, música, cinema e casamento gay, com direito até a opinião sobre a polêmica posse do pastor Marco Feliciano como presidente da Comissão de Direitos Humanos da Câmara. Simpatia total a cantora, olha só:

. Brasil: “Eu sempre quis vir pra cá e essa foi uma chance, eu nem acreditei – e topei muito por causa desse sonho. Todo mundo aqui é hot! Quero fazer shows aqui, só preciso organizar”

. Multimídia: “A moda é minha amante, a música, o meu marido”. “E o cinema seria um affair?”, pergunta uma repórter e ela responde: “Posso dizer que sim. Fui convidada pra uma ponta em ‘Velozes e Furiosos 6’ e estou muito feliz. Quem sabe um dia eu possa fazer a trilha de um filme…”.

. Ícones de estilo: “Eu gosto mais de épocas do que pessoas como ícones. Os corsets vitorianos, os anos 60, 70, as cores dos 80, o Run DMC dos 90… Mas amo Freddie Mercury, os terninhos de Mick Jagger e o No Doubt. A Gwen Stefani é minha grande inspiração e eu já até agradeci a ela por me fazer entrar no mundo dos cabelos loiros e lábios vermelhos. Sou um tomboy, amo flats e creepers“.

. Casamento gay e Cara Delevingne: “Há muito anos conheci um rapaz que era gay, ele ainda é, e ele se tornou meu melhor amigo. Nunca conheci ninguém tão positivo e estou rodeada de pessoas assim, o que acho ótimo. Casamento gay é uma questão de tempo só”. Mas e a Cara, é amiga ou namorada? Ela ri bastante e responde: “Acho engraçado as pessoas acharem isso, mas tudo bem. Somos como irmãs”, desconversa.

. Feliciano: Rita ouviu um dos jornalistas explicando o caso do presidente da CDH pra saber sua opinião e ficou desconcertada: “O quê? Nós estamos em 2013, não vivemos na Era Vitoriana. Calma, estou confusa… O que devo dizer a ele… O quê? Isso não faz sentido!”. Pois é…

Veja imagens da cantora em solo brasileiro aqui na galeria!

Tags:                                      

Compartilhar