Marca pé quente: quem vestiu mais ganhadoras no Oscar?

01.03.2014

O tapete vermelho do Oscar é a maior vitrine de moda festa hoje. Nem sempre foi assim, mas atualmente, com o combo transmissão ao vivo e internet, a velocidade e verocidade que as pessoas vão comentar os vestidos (e as marcas!) é enorme. E não seja ingênuo: a celebridade pode até ter um palpite sobre qual marca quer vestir, mas contratos e acordos financeiros influenciam muito mais nessa escolha, além de, claro, o stylist contratado pra vesti-la. Jennifer Lawrence, por exemplo, só usa Dior por contrato, em qualquer tapete vermelho. Houve épocas em que Renée Zellweger e Amy Adams só usavam Carolina Herrera.

Mas será que existe superstição nesse caso, entre quem está concorrendo? Se não, Blog LP decidiu dar um empurrãozinho nessa – levantamos as marcas que vestiram as concorrentes ao Oscar de Melhor Atriz e Melhor Atriz Coadjuvante do ano 2000 pra cá e percebemos algumas coisinhas… Confira:

. Nenhuma marca nesse período vestiu mais de duas ganhadoras. Mas algumas vestiram pelo menos duas! São elas: Dior (Jennifer Lawrence em 2013 e Reese Whiterspoon em 2006, ambas por Melhor Atriz), Lanvin (Meryl Streep em 2012 por Melhor Atriz e Tilda Swinton em 2008 por Melhor Atriz Coadjuvante), Versace (Catherine Zeta-Jones em 2003 e Angelina Jolie em 2000, ambas por Melhor Atriz Coadjuvante), Jean Paul Gaultier (Marion Cotillard em 2008 e Nicole Kidman em 2003, ambas por Melhor Atriz) e Valentino (Julia Roberts em 2001 por Melhor Atriz em um modelo vintage e Cate Blanchett em 2005 por Melhor Atriz Coadjuvante). A concorrente pode até tentar um repeteco nessas e conquistar o posto de 3ª pioneira, mas talvez seja melhor ser a 2ª ganhadora de uma grife que, até agora, só ganhou uma vez! Que tal? Elas são Balenciaga (Jennifer Connelly, coadjuvante, em 2002), Prada (Anne Hathaway, coadjuvante, 2013), Rodarte (Natalie Portman, principal, 2011), Marchesa (Sandra Bullock, principal, 2010), Yves Saint Laurent (Kate Winslet, principal, 2009), Balmain (Penélope Cruz em modelo vintage, coadjuvante, 2009), Carolina Herrera (Renée Zellweger, coadjuvante, 2004), Christian Lacroix (Helen Mirren, principal, 2007), Guy Laroche (Hilary Swank, principal, 2005), Gucci (Charlize Theron, principal, 2004), Elie Saab (Halle Berry, principal, 2002), Narciso Rodriguez (Rachel Weisz, coadjuvante, 2006) e Oscar de la Renta (Jennifer Hudson, coadjuvante, 2007).

. Marcas pé frio: Louis Vuitton (Michelle Williams em 2012 e Julie Christie em 2008, ambas indicadas a Melhor Atriz), Chanel (Julianne Moore em 2000, Nicole Kidman em 2002 e Michelle Williams em 2011, indicadas a Melhor Atriz, mais Rinko Kikuchi em 2007 indicada a coadjuvante), Alberta Ferretti (Meryl Streep, indicada a Melhor Atriz em 2009, e Saoirse Ronan indicada a coadjuvante em 2008), Michael Kors (Laura Linney em 2008 e Joan Allen em 2001, ambas indicadas a Melhor Atriz), Zac Posen (Glenn Close em 2012 e Felicity Huffman em 2006, indicadas a Melhor Atriz), Badgley Mischka (Helen Mirren em 2010, Melissa Leo em 2009, Kate Winslet em 2005, todas por Melhor Atriz, e Marcia Gay Harden em 2004 por Melhor Atriz Coadjuvante), Dries van Noten (Maggie Gyllenhall em 2010 e Cate Blanchett em 2008, ambas concorrente por Melhor Atriz Coadjuvante), Calvin Klein (Jennifer Lawrence em 2011 por Melhor Atriz, Amy Ryan em 2008 por Melhor Atriz Coadjuvante), Vera Wang (Viola Davis em 2012 e Keira Knightley em 2006, ambas por Melhor Atriz, e Michelle Williams em 2006 e Holly Hunter em 2004, por Melhor Atriz Coadjuvante), Givenchy (Rooney Mara em 2012 e Samantha Morton em 2004, ambas por Melhor Atriz) e Roberto Cavalli (Taraji P. Henson em 2009 por Melhor Atriz Coadjuvante e Catalina Sandino Moreno em 2005 por Melhor Atriz). Em defesa dessas todas: entre as concorrentes a Melhor Atriz na história do Oscar, Holly Hunter já ganhou em 1994 usando Vera Wang, Jessica Lange já ganhou em 1995 usando Calvin Klein e… Audrey Hepburn já ganhou em 1954. Usando Hubert de Givenchy, claro.

. Pé friozinho: você é coadjuvante e quer fazer a fashionista usando um Charles James vintage, já que o estilista vai ser tema da exposição do MET desse ano? Pense outra vez: Marisa Tomei usou em 2002, quando concorria nessa categoria, e perdeu. Essa coisa de uma coadjuvante concorrente usar uma marca que ninguém usou antes nesse milênio também não rolou com Rochas (Sophie Okonedo em 2005), Alexander McQueen (Jessica Chastain em 2012), Donna Karan (Penélope Cruz em 2010), Reem Acra (Viola Davis em 2009), Stella McCartney (Kate Hudson em 2001) e Halston (Queen Latifah em 2003). Todas essas marcas só vestiram concorrentes uma vez e a indicada perdeu. Portanto: Julia, Lupita, Sally, June, fujam de marcas que nunca vestiram ganhadoras e corram pra marcas que já ganharam – e apenas uma vez! A lista está ali no 1º item!

. No mesmo caso do item anterior, mas na categoria atriz principal: Ralph Lauren vestiu Diane Keaton em 2004, look supercomentado (era um fraque!). Ela perdeu. Em defesa de Ralph, um ano antes do período sobre o qual nos debruçamos, em 1999, Gwyneth Paltrow concorreu a Melhor Atriz usando um look rosinha dele e ganhou.

. Acha que usar vintage vai dar azar por causa do caso Marisa Tomei-Charles James? Bom, com Ellen Page e Jean-Louis Scherrer, em 2008, realmente não rolou (ela concorria a Melhor Atriz). Mas com Julia Roberts (Valentino) em 2001 e Penélope Cruz (Balmain) em 2009 sim! Equilibradíssimo!

. Pé friozaço: se a gente contar a história inteira do Oscar e só a categoria de Melhor Atriz, a Armani já vestiu 3 ganhadoras. Jessica Tandy (1990), Jodie Foster (1992) e Emma Thompson (1993) voltaram felizes pra casa. Acontece que, depois disso… nada. Em 2000, nada menos que 8 concorrentes, tanto a Melhor Atriz quanto a Melhor Atriz Coadjuvante, usaram Armani e não levaram a estatueta pra casa. Se Cate Blanchett usar (ela gosta da marca) e ganhar, vai quebrar esse longo jejum.

. E Cate Blanchett também gosta de Chanel, apesar do próprio Karl Lagerfeld já ter declarado que suas clientes de alta-costura não curtem ver looks da maison no tapete vermelho. Se ela usar e ganhar, será o 1º Oscar pra uma mulher vestida de Chanel.

. A Versace está quase no mesmo nível da Armani: apesar dos dois Oscars (que já comentamos lá em cima), a marca de Donatella já vestiu 5 indicadas que perderam (Toni Colette em 2000, Naomi Watts em 2004, Virginia Madsen em 2005, Penélope Cruz em 2007 e Marisa Tomei em 2009).

. Nunca, de 2000 pra cá, uma atriz que ganhou um ano vestindo uma marca ganhou de novo usando a mesma etiqueta. Se Jennifer Lawrence ganhar usando Dior, será a 1ª vez – e a Dior também será a marca mais pé quente desse milênio.

. Marcas “um tiro certeiro”: Balenciaga, Rodarte, Christian Lacroix, Guy Laroche, Gucci, Narciso Rodriguez e Balmain (vintage) só vestiram concorrentes uma vez de 2000 pra cá… e ganharam. Se qualquer uma dessas vestir uma das concorrentes e ganhar, será a mais invicta do Oscar.

. Agora, um conselho pras atrizes: melhor ainda é escolher uma marca que nenhuma concorrente vestiu de 2000 pra cá e tentar esse tiro certeiro novamente! Sugestões? Dolce & Gabbana (que, aliás, vestiu Susan Sarandon em 1996, quando a atriz levou o prêmio de Melhor Atriz), Haider Ackermann, Vivienne Westwood, Céline, Miu Miu, Jean-Charles de Castelbajac… Imagina?!

. Se a Dolce & Gabbana vestir uma concorrente a Melhor Atriz e ela ganhar, ela estará no mesmo patamar da Gucci: a marca também já vestiu uma concorrente na década de 90 (Helen Hunt, em 1998) que ganhou, e depois vestiu a ganhadora Charlize Theron em 2004. E nesse milênio, ambas são invictas!

. Quer descobrir o tom do vestido da ganhadora do Oscar de Melhor Atriz? Não dá! Está superequilibrado de 2000 pra cá, com 4 dourados, 4 mais claros e bordados e 6 mais escuros! Será melhor ir no dourado ou mais claro pra equilibrar, ou no mais escuro, que tem mais incidência? O que dá pra dizer é que os looks com saia menos volumosa são mais recorrentes – o de Jennifer Lawrence no ano passado foi exceção! Ou isso é reflexo da moda em si? Bom, vamos aguardar o dia 2/03 pra saber!

Tags:                                                              

Compartilhar