Quem é Virginie Viard, a nova diretora criativa da Chanel?

28.02.2019

Gabrielle Coco Chanel morreu em 1971 (a Lilian já falou sobre a história dela em um vídeo dividido em duas partes, já assistiu? Vem!). Depois disso, aponta-se Karl Lagerfeld como o responsável pela revitalização da marca, uma das mais tradicionais da moda de Paris, de 1983 até agora. Com a morte dele no dia 19/02, já é sabido que é seu braço direito, Virginie Viard, até então diretora de ateliê, quem assume seu cargo. Isso quer dizer que, depois da própria Coco, Virginie é primeira mulher a comandar o estilo da Chanel! Mas… quem é ela?

Veja também: Chanel fica toda florida em homenagem a Lagerfeld

Virginie nasceu em Lyon, cidade da França que é reconhecida pela sua indústria têxtil, em 1962. Seus avós eram fabricantes de seda. Ela começou estudando e trabalhando com figurino como assistente de Dominique Borg, que já fez bastante coisa em teatro e cinema (Dominique, aliás, tem dois Césares de Melhor Figurino, um por “O Pacto dos Lobos” de 2001 e outro por “Camille Claudel” de 1988). 

Veja quem foi na cerimônia de cremação de Karl Lagerfeld

A estilista entrou na Chanel em 1987 como estagiária, cuidando da parte de bordados e lidando direto com a maison Lesage. Saiu da maison pra fazer parte do time de Lagerfeld na Chloé na segunda temporada que ele cuidou do estilo da marca, entre 1992 e 1997. Nesse meio tempo, arrumou espaço na agenda pra trabalhar na equipe de figurino de dois filmes que são bem conhecidos dos cinéfilos cult: “A Liberdade é Azul” de 1993 e “A Igualdade é Branca” de 1994, parte da trilogia das cores de Krzysztof Kieslowski. Aí ela volta pra Chanel em seguida como coordenadora de alta-costura, e em 2000 passa a coordenar também o prêt-à-porter.

Virginie Viard em clique de Karl Lagerfeld
Aqui, novinha!
Virginie no último desfile de alta-costura da Chanel, quando a marca alegou que Karl estava “cansado” e não compareceu

E pode ser a convivência, mas seu estilo é bem, digamos… Lagerfeld. Ela tem um clima roqueiro, com delineador bem preto nos olhos e sempre uma indefectível franja, calças (invariavelmente jeans) e jaqueta. Também ama livros e música, como Karl. 

Veja também: uma exposição em homenagem ao fotógrafo Karl Lagerfeld

Em 5/03, durante a Semana de Moda de Paris, acontece o último desfile da Chanel que ainda teria a mão de Karl Lagerfeld. Espera-se que a marca faça uma homenagem, e tem quem diga que essa celebração não vai acontecer no desfile em si e sim após a apresentação, em outra data. Depois disso, a bola é de Virginie, e a indústria aposta em continuidade mais do que ruptura, principalmente no trabalho do ateliê que já era dirigido por ela antes. A ver!

Tags:                          

Compartilhar