Prada é acusada de blackface com bonequinhos

17.12.2018

Otto é um bonequinho da Prada da coleção Pradamalia, descrita pela marca como “criaturinhas misteriosas que são parte biológicas, parte tecnológicas, todas as partes Prada”. Até aí, OK. Mas algumas pessoas repararam que Otto, especificamente, tem lábios grossos e vermelhos e seu corpo é feito com uma madeira escura. Uma usuária do Facebook publicou um post sobre a semelhança dele com representações de blackface que apareceram numa exposição do Smithsonian National Museum of African American History and Culture – e o post viralizou.

Otto, o bonequinho da Prada que as pessoas apontam como blackface
Pipocaram posts nas redes fazendo comparações entre Otto e representações de blackface históricas
Anok Yai foi a primeira modelo negra em 20 anos a abrir um desfile da Prada. A última tinha sido Naomi Campbell em 1997

Depois da repercussão, conseguida também com a ajuda do polêmico Instagram Diet Prada (cujo nome é inspirado na marca mas não tem ligação com o grupo), a marca respondeu no Twitter que Otto está sendo removido de circulação e da divulgação. Ela ainda garante que “nunca teve a intenção de ofender alguém. O grupo Prada abomina imagens racistas. A Pradamalia são charms de fantasia compostos por elementos da imaginação da Prada. São criaturas imaginárias que não pretendiam fazer qualquer referência ao mundo real e certamente não pretendiam ser blackface.”

Veja também: 21 estilistas negros pra você conhecer!

Recentemente, a Dolce & Gabbana sofreu acusações de racismo com fortes consequências nos negócios. E a indústria da moda de luxo, de modo geral, ainda tem falta de representatividade – a própria Prada passou 20 anos sem colocar uma modelo negra pra abrir um desfile, desde Naomi Campbell em 1997 até fevereiro desse ano, com Anok Nai. Também chamou a atenção, recentemente, a presença do primeiro modelo negro homem na passarela da Chanel… em 109 anos de existência da marca! Foi no último desfile, o Métiers d’Art. E aí, o que você acha de tudo isso?

Tags:              

Compartilhar