Pierre Bergé morre aos 86 anos

Divulgação
Pierre Bergé foi um nome importante pra moda, cultura e artes Próxima Ver mais fotos
Pierre Bergé foi um nome importante pra moda, cultura e artes

Pierre Bergé, companheiro afetivo e de negócios de Yves Saint Laurent, morreu hoje 08/09, aos 86 anos. O empresário sofria de uma doença muscular, e morreu em sua residência de Saint Remy de Provence, sudeste da França.

Veja também: Saiba quais são os 2 novos museus dedicados a Yves Saint Laurent

Bergé é cofundador da marca Yves Saint Laurent e também responsável pela preservação da memória do estilista e parceiro, que morreu em 2008. Ele criou a fundação que guarda toda a história da grife desde o 1º croqui até o 1º desfile e coleção da maison. A relação do casal foi retratada no documentário “L’amour Fou” do diretor Pierre Thoretton, de 2010, e nos  filmes “Saint Laurent” de Gaspard Ulliel, “Yves Saint Laurent”, de Jalil Lespert, ambos de 2014. 

Confira: 70 coisas sobre Yves Saint Laurent

Amante das artes, ele era dono de uma valiosa coleção e já dirigiu o teatro de l’Athéné e a Ópera de Paris. Pierre fundou a associação Juntos Contra a AIDS, além de ser ativista na luta dos direitos LGBT. Desde 2010, era um dos acionistas majoritários do Le Monde, um dos maiores jornais da França, e deixou um legado pra moda, cultura  e artes.

Tags:          

Compartilhe Imprimir Google + Pinterest Whatsapp

Escolhas da Lilian

Comentários via Facebook

Comentários (1)

  • Marcos disse:

    Lilian e redação, boa noite. Quero registrar uma crítica. Fico triste que um site como o seu ainda utilize o termo “companheiro afetivo” em vez de marido! Qual o problema em associar dois homems com a palavra “marido”. O seu público, em sua maioria absoluta, é formado por gays. E mesmo quem é hétero, acredito, que não se incomode com essa associação. A nossa realidade só deixará de ser “tema”, quando todos os canais de comunicação, inclusive o seu, deixar de agir com esse tipo de “incômodo velado”.

    Adoro você e o seu site. Mas desta vez, terei que clicar no botão “descurtir”. Me desculpe. Beijos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas