Mas afinal, o que é art déco? Lilian explica!

04.06.2013

E olha um dos cartazes do lançamento “O Grande Gatsby”! Entendeu agora?
Janela de Raymond Subes
“Metrópolis”, de 1927, de Fritz Lang
Vitrais com esses desenhos art déco eram muito comuns na época
Campanha de 1930 da loja de departamentos Marshall Field
Espelho de Jacques-Emile Ruhlmann
Assim como “Our Blushing Brides”, de 1930 – Joan Crawford é a do meio
O filme “Fig Leaves”, de 1926, traz um desfile de moda. Repare no cenário, bem art déco!
Ilustração de moda da época
Tecido de F. Gregory Brown de 1922
Conjunto de taças de Desny
O Amigo da Onça é um personagem criado na década de 40 com características do art déco
O Cristo Redentor, considerada a maior estátua art déco do mundo
Quer mais exemplo de art déco made in Brazil? J. Carlos, que fazia as clássicas capas da “Paratodos”!
E o Elevador Lacerda de Salvador!
Como o Empire State Building, também em NY, e…
O edifício Chrysler, em NY, é um dos exemplos mais lembrados da arquitetura art déco. Ele foi construído entre 1928 e 1930, e é de criação de William Van Alen. Mas existem outros exemplos de arquitetura…
Cenário do filme “Broadway Melody of 1940”, que foi lançado nesse mesmo ano – pra mostrar que o art déco avançou por décadas
O clássico design do vidro de Chanel No. 5, que foi lançado em 1921, é uma resposta aos frascos de perfume rebuscados da época – e um exemplo de art déco. Alguns dizem que foi inspirado em um decanter de uísque
Tamara de Lempicka é considerada um dos maiores nomes do art déco. Esse quadro é o “Autorretrato em um Bugatti verde”
Cigarreira de Raymond Templier de 1930
Parede de espelhos de Louis Barillet
Sonia, que nasceu na França, criava roupas e estampas além de ser pintora. Aqui, look dela de 1925
O filme “Le P’tit Parigot”, de 1926, usou esse design de Sonia Delaunay

O romance “O Grande Gatsby“, de F. Scott Fitzgerald, se passa em 1922, mas a expressão art déco só surgiu 3 anos depois, na Exposition Internationale des Arts Décoratifs et Industriels Modernes. O estilo déco é a cara dos loucos anos 20 e está sempre reverberando – especialmente agora com a estreia dia 7/06 do filme homônimo dirigido por Baz Luhrmann. Do cartaz à direção de arte, tudo passa pela art déco! Então está na hora de entender o que é isso – pra entrar na tendência que deve brilhar nas vitrines e passarelas por aí.

Entre as características do art déco, eu destaco:
. Traços mais sintéticos, mesmo quando a imagem é figurativa.
. A predominância da simetria.
. Linhas simples e formas geométricas em vez dos arabescos da art nouveau.
. Influência dos movimentos artísticos da época como o Futurismo, Construtivismo e o Modernismo em geral.
. Influência de fontes “exóticas” pro mundo ocidental como o Ballet Russe e as culturas egípcia, asiática, grega
. Baquelite, plástico, alumínio e materiais de custo menor em suas origens, na confecção dos objetos.

E você sabia que o Cristo Redentor, aquele mesmo que fica no Corcovado do Rio, é considerado a maior estátua art déco do mundo? Eu adoro! Pra você entender melhor, veja os exemplos desse estilo clicando na foto e acessando nossa galeria!

Tags:                      

Compartilhar