Categorias: Celebridades Moda

O ícone Anita Pallenberg morre aos 73 anos

14.06.2017

Musa! RIP!
Em festa da Burberry, em 2003, um moletom bem irônico: “Kill All Hippies”
Parceiros no crime: Keith e Anita encarnam Bonnie & Clyde
Ela acabou casando com Keith, com quem teve 3 filhos – um deles morreu ainda criança
Sessentinha: pernas à mostra com Brian Jones
E pra Pam Hogg em 2016, ano passado!
Anita desfilou pra Vivienne Westwood em 1998
Anita com a estilista Bella Freud em festa pós-desfile de Vivienne Westwood – e esse look tigresa?! Mara!
Em 1973: veludo e cintão
Você não imaginaria a Kate Moss nesse look?
Musas: Kate Moss e Anita, tipo “mesmo molde, épocas diferentes”, na apresentação de uma cópia restaurada de “Performance” em 2004
Antes, ela fez o papel de vilã em “Barbarella” ao lado de Jane Fonda
Amor livre – casada com Keith mas, nas telonas, fazendo um par andrógino com Mick
Olha esse clique no set de “Performance”!
Filme cult, “Performance” traz todo o clima boho que vai e volta à moda até hoje – aqui ela está entre Michele Breton e Mick Jagger
Na pré-estreia de “Performance”, com Keith Richards: pele e decote
Em Marrocos com Brian Jones no clique de Cecil Beaton
Sempre juntas: Marianne com Anita em 2004, em desfile da Louis Vuitton
Em 2000, Anita posa na frente desse desenho feito por Marianne
Marianne Faithfull, outra musa da época, com Anita no aeroporto – um look “vou pra Marrakech”. É sério, ela embarcou no avião pra Marrocos com esse look!
“I’m with the band”: Mick Jagger, Anita e Keith Richards
Um dos seus looks mais constantes: curto com bota! Aqui, com Brian Jones
Anita morre aos 73 anos e a gente relembra seu estilo nessa galeria

Ela nasceu na Itália mas virou musa no Reino Unido, pelas mãos dos Rolling Stones, um pouco depois de ter frequentado a Factory de Andy Warhol em NY. Anita Pallenberg fez parte da saga da banda: namorou Brian Jones e depois o deixou por Keith Richards, com quem teve 3 filhos. Fez backing vocals pro hit “Sympathy for the Devil” e participou ao lado de Mick Jagger do longa “Performance” de 1970. Antes, em 1968, ela tinha aparecido em “Barbarella“. E se Marianne Faithfull interpretou Deus na série cult-fashion “Absolutely Fabulous“, Anita fez o papel de… Diabo! Ícone boêmio, ela foi muito mais do que “uma groupie que deu certo”: uma das maiores it girls das décadas de 60 e 70, inspirou estilistas e estilosas. Kate Moss e Sienna Miller, por exemplo – não que isso seja declarado, mas é só observar pra perceber. A causa da sua morte, anunciada pela atriz e amiga Stella Schnabel no Instagram, ainda não foi revelada. Na galeria, você relembra o estilo de Anita – clica na foto pra acessar!

Tags:                        

Compartilhar