Michael Kors adere ao “sem pele”

15.12.2017

Pele na passarela de Michael Kors? Nunca mais!

Mais uma marca famosa das passarelas adere ao movimento “sem pele” (“fur-free” em inglês, e a coalizão de organizações e marcas se chama Fur Free Alliance) depois da Gucci. É a vez de Michael Kors, que se encontrou com um time do Peta, a organização que luta pelos direitos dos animais. A marca já foi alvo de protestos antipele por inúmeras vezes, inclusive na entrada de desfiles. E mais: a Jimmy Choo, recém-adquirida pela empresa, também está incluída e não vai mais usar pele animal. O assunto ainda não envolve couro – o próprio Peta soltou um comunicado dizendo “Estamos felizes que a marca está evoluindo, deixando de usar pele, e ansiosos pra trabalhar com Michael Kors em outras questões no futuro”.

Tags:          

Compartilhar