Afinal, por que Gaultier parou seu prêt-à-porter?

09.04.2015

Ele chega ao Brasil em breve pro baile da amfAR, mas por enquanto se dedica à divulgação da nova etapa da sua superexposição “The Fashion World of Jean Paul Gaultier: From the Sidewalk to the Catwalk”, no Grand Palais de Paris. A agência The Associated Press aproveitou pra perguntar sobre a atual estratégia de Gaultier, que encerrou as suas atividades no prêt-à-porter e agora só lança coleções de alta-costura. Por quê? “Muitas roupas matam roupas… A moda mudou. É uma proliferação de roupa. 8 coleções por temporada – isso significa 16 por ano. O sistema não funciona… Não existe gente o bastante pra comprar. Estamos fazendo roupas que estão destinadas a não serem usadas”. E adivinha: quanto à alta-costura, ela continua lucrativa pra Gaultier, lançada duas vezes por ano em Paris! Pra quem quer continuar se vestindo “na moda” e não tem essa bala toda, o estilista sugere o fast-fashion na lata: “Existem marcas que fazem roupas baratas muito boas, como Zara, H&M, Uniqlo. Pessoas podem se vestir bem com pouco dinheiro. Então pra que comprar roupas caras?” Bom, Jean-Paul, parece que suas clientes não concordam…

Tags:  

Compartilhar