Giorgio Armani cria uniformes pra uma escola pública japonesa

18.02.2018

Os alunos da Taimei Elementary School vão usar uniformes by Giorgio Armani

Já pensou se o uniforme do seu colégio fosse assinado por algum estilista famoso? Essa é a realidade de uma escola pública primária em Ginza, bairro de Tóquio no Japão (tipo os Jardins de lá). Os alunos da Taimei Elementary School vão usar trajes criados pela Giorgio Armani!

Veja também: uniformes à alta-costura pra uma companhia aérea chinesa!

Os uniformes chegam a custar ¥ 80,000 (cerca de R$ 2.400) ou seja, 3 vezes mais caros que o preço convencional. Em uma carta aos pais, o diretor Toshitsugu Wada disse que a Taimei era um marco em Ginza, e a decisão de adotar os uniformes desenvolvidos pela Armani tem o objetivo de criar uma atmosfera adequada pra escola. O uso desse uniforme específico não é obrigatório, mas a recomendação de uso é clara, e caso muitos adotem… os que não adotam ficam numa situação complicada, né? E aí? O que você acha disso? A saber: a sede japonesa da marca italiana está apenas a 200 metros do colégio. 

Veja também: 50 tons, quer dizer, lugares da Liberdade, o bairro oriental de SP

Enquanto isso, uma outra escola, a Kashiwanoha que fica em Kashiwa na prefeitura de Chiba (mais ou menos uma hora de carro de Tóquio), adotou outra regra em uniforme que chamou a atenção, mas que não tem a ver com marcas de luxo. Ela, que abre sua primeira turma de Ensino Médio agora, vai permitir que os alunos usem calça ou saia e gravata ou lenço independente do sexo biológico. Parece que a princípio eles não queriam adotar uniformes pros mais velhos, mas 90% dos pais pediram pra que seus filhos tivessem uniforme – isso é quase uma instituição no Japão, pra identificar estudantes com facilidade. Então foi decidido por um comitê formado por pais, estudantes, professores e moradores da região, que, em respeito aos jovens LGBTQ+, as opções não fossem fechadas em gênero. Muito bem!

Tags:                            

Compartilhar