Frida Giannini sai da Gucci

12.12.2014

Um boato que já corria faz tempo na indústria é confirmado: Frida Giannini sai do cargo de estilista da Gucci depois da coleção de outono-inverno 2015/16, que será apresentada na Semana de Moda de Milão em 25/02. O marido dela e CEO da marca, Patrizio di Marco, sai no dia 1/01.

Fim da era Abercrombie: CEO se aposenta

Claro, a especulação que já existia sobre quem substituiria Frida agora está mais forte que nunca. A maioria aponta Riccardo Tisci como um candidato em potencial, apesar dele estar firme e forte na direção criativa da Givenchy do grupo LVMH, rival da Kering da Gucci. Outra opção? Joseph Altuzarra – a Kering já tem uma parte pequena da marca Altuzarra e ele já apareceu na fila A de um desfile.

O nome cotado pra vaga de estilista da Carven é…

Pro lugar de Patrizio, já existe um nome: Marco Bizzarri, atual CEO da divisão de luxo que inclui couture e acessórios em couro da Kering desde abril. Ele vem de uma trajetória de sucesso na Bottega Veneta. O que agita os fashionistas? A possibilidade de uma nova era de ouro da Gucci – Frida, apesar de ser considerada competente, não recuperou a comoção que a marca causava sob a batuta de Tom Ford desde que entrou, em 2006. E você, já tem apostas?

Tags:                

Compartilhar