É oficial: Maria Grazia Chiuri é a 1ª mulher estilista da Dior

08.07.2016

A escolha do substituto de Galliano é surpreendente: quem assumiu foi Raf Simons, conhecido por seu trabalho minimalista na Jil Sander. Na foto, ele posa com a atriz Diane Kruger no cenário do seu 1º desfile de alta-costura. Ele sai em 2015
A casa Dior passa por uma reviravolta com a contratação de John Galliano, que faz coleções de alta-costura que entram pra história. O estilista sai da maison em 2011 cercado por controvérsias a respeito de declarações antissemitas gravadas em um bar-restaurante parisiense
Gianfranco Ferré foi o 1º estilista a assumir o cargo sem ser francês – ele continua por lá até 1997
Quando Saint Laurent sai da maison após coleções mais ousadas pra servir o exército, ele é substituído por Marc Bohan, que fica no cargo até 1989
Em 1958, Saint Laurent assume a Dior após a morte do fundador e salva a maison da ruína financeira com suas coleções
E mais um clássico: a foto “Dovima com Elefantes” de Richard Avedon traz um look Dior criado por Yves Saint-Laurent – mas Dior ainda estava vivo e o estilista trabalhava como seu assistente
O clássico que fez a história da Dior: o tailleur Bar do New Look, criado no pós-guerra pelo fundador da maison Christian Dior
Maria Grazia Chiuri, agora na Dior! Confira na galeria trabalhos de todos os estilistas que já passaram pela casa francesa

Todo mundo já sabia, mas agora a Dior confirma: Maria Grazia Chiuri, ex-Valentino, é a mais nova diretora criativa da maison. Em 69 anos de história da marca, é a 1ª vez que uma mulher assume esse cargo, que desde a morte do fundador Christian Dior já foi de Yves Saint Laurent, Marc Bohan, Gianfranco Ferré, John Galliano e Raf Simons. Maria Grazia estava há 8 anos dividindo o cargo de direção criativa da Valentino com Pierpaolo Piccioli, que continua liderando o time por lá. Na galeria você vê criações de todos os estilistas que já passaram pela Dior até hoje – confira clicando na foto!

Tags:              

Compartilhar