Categorias: Moda

A 1ª grande exposição de Hussein Chalayan

02.07.2011

O Les Arts Décoratifs abriu uma retrospectiva da carreira de 17 anos de Hussein Chalayan – desde o seu 1º desfile, o de graduação na Central Saint Martins em 1993. E claro, a “Hussein Chalayan: Fashion Narratives” vale a pena: esse é o estilista que fez o vestido que muda de forma com a ajuda da robótica, esqueceu? Mas Pamela Golbin, a curadora, fez a montagem pra mostrar que uma pegada conceitual-artística pode ser compatível com roupas, digamos… “vestíveis”.

Telas de plasma, luminosos de LED e recursos de áudio lembram o que parece de fato uma instalação. Temas como filosofia cartesiana, metereologia, padrões climáticos, superstição, cultura japonesa e contos de fada alemães se misturam no universo criativo de Chalayan, que continua independente – ou seja, sem ligação com os grandes conglomerados de luxo, mas com parcerias como a da Swarovski, que patrocina essa exposição. Ela vai até 13/11 – quem estiver em Paris precisa ir!

LEIA MAIS: Pode chamar só de Chalayan, mesmo
VEJA TAMBÉM: Interatividade no Itaú Cultural

Tags:                                

Compartilhar