Vitrines artsy de Dries Van Noten e da Hermès

18.07.2016

E aí, ficou com vontade de conferir?
“A casa não dá referências específicas. Apenas maravilhar, agradar e deleitar as pessoas”
Atualmente Antoine diz ter carta branca pra fazer o que quiser nas vitrines
O designer começou na Hermès em 2000, fazendo a cenografia dos desfiles masculinos
Desde 2014, Platteau assina as vitrines da loja principal da marca em Paris
Já as vitrines de Antoine Platteau pra Hermès estão expostas em uma capela da cidade francesa de Poitiers
E já fez trabalhos com a Gucci!
O desenhista tem como hábito representar ícones fashion
Ele reproduziu as peças de outono-inverno 2016/17 da marca
Ela foi feita em parceria com o desenhista Gill Button
Essa é a vitrine artsy de Dries Van Noten em Paris. Clica na foto pra ver mais!

Dries Van Noten inaugurou em Paris uma vitrine feita em parceria com o artista Gill Button que fez gravuras das peças da coleção de outono-inverno 2016/17 da marca. O desenhista trabalha reproduzindo ícones da moda. Sua colaboração com Dries não foi a única no mundo fashion, Gill já fez desenhos pra Gucci também!

Leia também: Por trás do grafite da Gucci

E falando em vitrines, está rolando em Poitiers, na França, uma expô com o trabalho de Antoine Platteau, o vitrinista da Hermès. Seus trabalhos são montados na loja principal da marca que fica na rue du Faubourg Saint-Honoré, em Paris. Platteau é o responsável pelos cenários desde 2014, mas trabalha pra Hermès desde 2000, quando entrou na empresa pra projetar os ambientes dos desfiles.

Veja mais: Arte de rua invade as vitrines da Bulgari

A exposição se chama“Le Petit Théâtre de la Démesure”  (algo como: “O Pequeno Teatro de Excessos”) e fica aberta até 18/09, na capela Saint-Louis, em Poitiers. Lá é possível ver reproduções das vitrines de Platteau pra Hermés. Pra ter um gostinho de como é o trabalho de Antoine é só acessar nossa galeria – clica na foto pra ver!

Tags:                            

Compartilhar