É oficial: Raf Simons sai da Calvin Klein

22.12.2018

Raf Simons acaba de deixar a Calvin Klein. O anúncio foi feito nesta sexta-feira, 21/12, oito meses antes de acabar o contrato do estilista belga com a marca americana que, antes de Simons, teve o brasileiro Francisco Costa como diretor criativo por 14 anos. De acordo com comunicado oficial, a Calvin Klein decidiu trilhar caminhos que não se alinham com a visão de Simons, e ambos teriam chegado a essa decisão amigavelmente. 

Sobre Francisco Costa, fique por dentro: O ex-estilista da Calvin Klein agora tem marca de beleza sustentável

Depois de trabalhar para Jil Sander e Dior, além de sua própria marca de moda masculina, Simons foi pra Calvin Klein em agosto de 2016 e recebeu total controle da direção criativa, supervisionando todas as linhas e todo o marketing. Lançou inclusive a etiqueta 205W39NYC, referente ao endereço do QG da marca em NY. Num primeiro momento, os resultados foram positivos pra a marca, que pertence ao grupo PVH (assim como a Tommy Hilfiger). Mas os resultados não vingaram. Em setembro, a Calvin Klein decidiu tirar algumas atribuições de Simons contratando, por exemplo, a diretora de marketing Marie Gulin-Merle. E neste ano as ações do grupo caíram 35%. Em novembro, o presidente e diretor executivo do PVH, Emanuel Chirico, revelou que as vendas não iam bem. Agora ele diz que é preciso trabalhar pra reverter o processo, procurando aproximar mais a marca do consumidor médio – a gestão de Simons teria sido conceitual demais para uma marca que vive principalmente das vendas de jeans e lingerie.

Naomi Campbell estrela sua primeira campanha de beleza

Com tudo isso, a Calvin Klein vai pular a próxima temporada de desfiles em NY em fevereiro de 2019. Estamos ansiosos pelo anúncio do novo diretor criativo! Quem você acha que faria um bom trabalho na Calvin Klein? Faça suas apostas e confira na galeria fotos da Calvin Klein nos tempos de Raf Simons!

Depois de alguns boatos, é oficial: Raf Simons não faz mais parte da Calvin Klein! Vem saber mais detalhes.
Essa foi a primeira campanha de Raf pra Calvin Klein, em clima bem artsy. Na foto o quadro “Elvis 11 Times” de Andy Warhol
Em uma continuação do que Raf chamou de: A história americana, teve a famosa passarela com o chão coberto de pipocas e a modelos usando balaclava
Quem lembra do desfile de estréia do Raf Simons como diretor criativo da Calvin Klein? Outono-inverno 2017/18, na semana de moda de NY
A coleção outono-inverno 2018/19, desfilada na semana de moda de NY. Os símbolos da juventude junkie, como Christiane F., que viraram roupa nas mãos de Raf
Na coleção primavera-verão 2017/18, referência ao mercadinho chinês da Manhattan Bridge
Na última coleção de Simons para Calvin Klein, primavera-verão 2019, inspiração em roupas de mergulho e no filme “Tubarão”. E aí, qual sua opinião sobre tudo isso?

Tags:                                    

Compartilhar