Dov Charney é dispensado da American Apparel

Reprodução
Dov Charney pra fora da American Apparel de vez
Dov Charney pra fora da American Apparel de vez

Depois da notícia da aposentadoria do CEO da Abercrombie Mike Jeffries, outro CEO mítico (e polêmico) é desligado definitivamente da marca que ajudou a alavancar. Dov Charney já não era mais presidente e CEO da American Apparel desde junho, depois de acusações de assédio sexual, racismo e mau uso de fundos da empresa. Mas em julho, ele assumiu o cargo de consultor. Agora, definitivamente, isso acabou com o desligamento total dele, por causa de uma investigação interna que chegou à conclusão que seria inapropriado reintegrá-lo como CEO, administrador ou até mesmo funcionário. E, talvez pra converter essa imagem sexista que aderiu à pele da marca, quem assume o cargo de CEO (até agora Scott Brubaker estava como interino) é uma mulher. Paula Schneider, que já trabalhou na Warnaco e BCBG Max Azria, começa a trabalhar em janeiro. Dov, que é canadense, fundou a American Apparel em 1998 e chegou a fazer uma campanha pra recuperar sua posição lá. Pelo visto, nada feito.

Tags:              

Compartilhe Imprimir Google + Pinterest Whatsapp

Escolhas da Lilian

Últimas