Dov Charney é dispensado da American Apparel

17.12.2014

Dov Charney pra fora da American Apparel de vez

Depois da notícia da aposentadoria do CEO da Abercrombie Mike Jeffries, outro CEO mítico (e polêmico) é desligado definitivamente da marca que ajudou a alavancar. Dov Charney já não era mais presidente e CEO da American Apparel desde junho, depois de acusações de assédio sexual, racismo e mau uso de fundos da empresa. Mas em julho, ele assumiu o cargo de consultor. Agora, definitivamente, isso acabou com o desligamento total dele, por causa de uma investigação interna que chegou à conclusão que seria inapropriado reintegrá-lo como CEO, administrador ou até mesmo funcionário. E, talvez pra converter essa imagem sexista que aderiu à pele da marca, quem assume o cargo de CEO (até agora Scott Brubaker estava como interino) é uma mulher. Paula Schneider, que já trabalhou na Warnaco e BCBG Max Azria, começa a trabalhar em janeiro. Dov, que é canadense, fundou a American Apparel em 1998 e chegou a fazer uma campanha pra recuperar sua posição lá. Pelo visto, nada feito.

Tags:              

Compartilhar