Clements Ribeiro, a marca que veste Adele, em entrevista exclusiva

Reprodução

Picture 1 of 6

Adele usa um look Clements Ribeiro marinho e preto no Brit Awards 2012

Clements Ribeiro, marca que faz parte da Semana de Moda de Londres e é metade brasileira (formada pelo casal Suzanne Clements, inglesa, e Inácio Ribeiro, de MG), vestiu Adele na apresentação da cantora da vez no Grammy de 2012. E repetiu o feito: ela também apareceu usando um look da grife no Brit Awards 2012 que rolou no dia 21/02! Inácio e Suzanne se conheceram na Central St Martins, casaram e abriram a marca em 1993. Ficaram bem famosos por causa da qualidade e do fashionismo do suéter de cashmere que eles fazem – nos anos 90 todo fashionista queria um! Blog LP conversou com Inácio sobre Adele e a marca em si, um pouco depois deles apresentarem a coleção de outono-inverno 2012/13. Confira!

Adele usou um look Clements Ribeiro no Grammy! Ela já era cliente antes? Como foi a história desse look específico?
Primeiro vestimos Adele pra matéria de capa da “Vogue” UK no ano passado. Mandamos 2 vestidos pra ela, um que ela usou pra matéria e outro que ela guardou e usou na turnê americana – Las Vegas e também Vancouver. Quando voltou, ela nos procurou pra encomendar um vestido pro Mercury Awards. Nossa coleção de outono-inverno 2011/12 foi perfeita pra ela, pois havia uma grande variedade de vestidos pretos. Adele adora moda, mas quando se trata de shows tem uma visão muito específica: preto, preto, preto. Gosta muito de transparência e renda pra dar leveza e adora um pouco de “bling” (“bling” preto, é claro!). Ou seja: ela gosta de se vestir de diva noir – Edith Piaf e Johnny Cash!

E qual dos vestidos que ela usou que vocês gostam mais?
O vestido do Mercury Awards é o nosso favorito, por isso ficamos muito contentes quando ela o usou de novo no show do Royal Albert Hall que foi gravado em DVD. Ele foi adaptado diretamente de um modelo de nossa coleção, e ambos, vestido e Adele, estavam bárbaros. Pro Grammy, experimentamos com guipure e bolinhas – o look é bastante trabalhado em camadas transparentes e tem uma combinação de cetim duchesse cor da pele que se mostra no decote e nas costas. Pro Brit Awards ontem, o vestido era marinho, a renda preta inteiramente rebordada… um momento mais “bling”. Adele tem mais 2 vestidos que fizemos pra “emergências”, nosso trabalho é criar uma zona de conforto e glamour enquanto ela canta. Ela precisa se sentir confortável e segura, projetando a imagem de diva que corresponde à sua visão e suas músicas.

VEJA TAMBÉM: Fotos do desfile de outono-inverno 2012/13 da Clements Ribeiro
VEJA MAIS: Os looks do Grammy 2012

Fazer uma roupa plus size é um desafio pra um estilista? Qual é a diferença?
A diferença é enorme! Adele perdeu muito peso recentemente, devido à cirurgia e ao regime vigoroso de exercícios. Mas é uma “big girl”. Ela agora é tamanho 16 na Inglaterra (44 no Brasil), é alta e tem ombros lindos. É realmente diferente. Nossos olhos estão acostumados com vestidos estreitos e extravagâncias sem limites. A plus size geralmente não gosta de mostrar muito braço ou perna, o colo e a zona erógena – ou a cintura. As proporções mudam em função desses fatores. No caso da Adele, há também a questão do clássico, que no plus size às vezes fica meio “matrona”. A gente se acostuma depois de 2 ou 3 peças. Mas o 1º vestido foi um susto! Estamos acostumados com protótipos tamanho 36-38… Agora já nos habituamos. Também criamos uma coleção plus size pra Evans na Inglaterra e hoje não temos mais problema com isso. Na verdade, achamos estimulante trabalhar pro plus size, especialmente inspirados por Adele!

Vocês têm outras celebridades como cliente?
Nicole Kidman, Thandie Newton, Charlotte Dellal, Kirsten Stewart, Bonnie Wright e Livia Firth vestiram Clements Ribeiro recentemente. Mas já vestimos Madonna, Demi Moore, Cameron Diaz, Kate Moss, Michelle Pfeiffer, Eva Green, Catherine Deneuve, Cate Blanchett, Gwyneth Paltrow, Brad Pitt, Tim Roth, Tom Cruise, Bruce Williams etc.

Como a Clements Ribeiro está hoje?
Somos uma operação compacta. Mostruário e produção são feitos na França e Escócia, com distribuição em 11 países. Estamos em fase de expansão e abrimos nosso website com loja. Nosso maior cliente é a Net-à-Porter.

Existem planos pro mercado brasileiro? A gente pode esperar ver Clements Ribeiro à venda por aqui?
Esperamos que sim! Vamos visitar SP em abril e esperamos encontrar oportunidades. Adoraríamos desenvolver nosso trabalho no Brasil – e ter desculpas pra visitar o país com mais frequência!

Tags:                                                            

Compartilhe Imprimir Google + Pinterest Whatsapp

Escolhas da Lilian

Últimas