Categorias: Moda

Blue Man debaixo do viaduto

10.01.2010

Desde a morte de seu fundador, David Azulay, a Blue Man estava ausente das passarelas. Mas, nessa temporada, a grife começa a voltar em pegada artsy – a diretora de estilo Marta Reis convidou um grupo de profissionais pra participar de uma intervenção artística, na programação paralela do Fashion Rio. Desde 11h deste domingo (10/01), produtores, fotógrafos, stylists, grafiteiros e cenógrafos estão debaixo do Viaduto Perimetral, logo na entrada do evento no Píer Mauá, para fotografar e produzir todo o material de divulgação dos próximos seis meses da grife. “A gente obrigatoriamente tem que fazer todos esses trabalhos em paralelo. Fotografar o lookbook, clicar a campanha, produzir o material que vai para as vitrines… Então, pensei ‘por que não fazemos tudo isso de uma vez só, ao vivo?’”, explica Marta. Pra esta performance, a marca reuniu Antonio Bokel (da Soul Seventy), Toz e Bruno BR (do Fleshbeckcrew) e Peu Mello (do estúdio de design Garagem). Juntos, eles realizam uma grande pintura com materiais inutilizados da fábrica da grife, como cavaletes, carrinhos de mão, retalhos de tecidos, cubos de isopor, escadas, treliças, galões de água vazios, lâmpadas frias, caixas de papelão usadas… Tudo ao som ao vivo do DJ Jonas Rocha. Lao Andrade (responsável pelo “Nomes da Moda“, da Fashion TV), está filmando e registrando a ação, não como um making of, mas como um documentário. Pra Felipe Veloso, stylist responsável pelos looks, fazer “essa grande bagunça era uma forma de mostrar pras pessoas o processo de criação de um catálogo. Elas ficam mais interessadas em saber como se faz do que ver o material pronto”, finaliza.

Tags:                    

Compartilhar