Categorias: Celebridades Moda

Blogueira & Empresária: Lalá Noleto

18.12.2013

Top (R$ 127) e saia (R$ 177)
Macacão estampado (R$ 197)
Vestido estampado (R$ 217)
CCM e Pat Pat’s por Lalá Noleto, a linha fitness. E adivinha quem está na campanha? Lalá! (vestido R$ 197)

Lalá Noleto, de Goiânia, é blogueira das antigas, desde quando era adolescente e o blog servia pra falar sobre sua vida. Depois, ela focou em celebridades, assunto que tinha a ver com seu trabalho, e hoje os temas mais comuns em sua página são moda e fitness. Aos 29 anos, ela tem uma coleção esportiva em seu nome em parceria com a CCM e a Pat Pat’s e acaba de lançar seu aplicativo!

Veja também a entrevista com Camila Coutinho

Em meio a tudo isso, uma polêmica: Lalá fez um clique de preview das novas bolsas da loja da qual é sócia, a Lax Store, e Maria Sole Cecchi, da Les Petits Joueurs, não gostou do que viu. É que as bolsas são praticamente iguais aos modelos de Lego da designer italiana e isso repercutiu bastante nas redes sociais. Nesta entrevista da série Blogueira & Empresária, ela fala de seu lado empresarial e nos responde sobre as cópias na moda.

Como e quando começou o blog?
Comecei em 2008, quando trabalhava na editora Abril. Sempre tive blog de diversas maneiras, desde quando era adolescente. Esse formato de hoje começou em 2008 e foi criado pra ampliar o conteúdo que não era aproveitado na revista “Contigo” [onde a Lalá trabalhava].

Qual é a especialidade dele?
O blog vai mudando conforme eu mudo. É um título muito pessoal, então as mudanças de estilo de vida fazem parte do blog. Quando eu trabalhava na “Contigo” ele tinha um foco muito forte em celebridade. Hoje, além dos looks do dia que eu não fazia antigamente e hoje faço até pelos pedidos dos leitores, ele fala muito de saúde, academia, dieta, que são coisas que eu estou vivendo e que despertam o interesse das leitoras.

Quando começou a dar dinheiro?
Em 2009 acho que praticamente vivia dele.

Como são as parcerias? Quem procura quem?
Na verdade o F*Hits [plataforma de blogs da qual Lalá faz parte desde o começo, que mantém uma loja com seleções de algumas blogueiras] faz um trabalho ativo dentro de grandes agências. Nunca fui uma pessoa com esse espírito de buscar parceiros, sempre foi uma coisa bem passiva. Recebo o contato de clientes por e-mail, conheço em eventos e começo a trabalhar junto. O F*Hits trabalha mais com grandes marcas, empresas que não tem esse approach direto. Meu trabalho é mais com marcas que conheço o dono, onde ele me indica pra um amigo, é mais um boca a boca…

O que você tem de produtos hoje?
Atualmente, em venda, tenho só a linha de ginástica com a CCM e a Pat Pat’s, e sou sócia da Lax Store.

Falando em Lax Store, a marca e seu nome foram alvo de uma grande polêmica por conta das bolsas iguais às da Les Petits Joueurs, de Lego. O que você tem a dizer sobre isso?
Nunca imaginei que eu fosse tão importante pra tantas pessoas bacanas. Eu me surpreendi com meu próprio poder de mexer com as pessoas, nunca imaginei que eu tivesse tanta relevância assim. Me senti muito importante, porque é uma coisa que acontece tanto no mercado de uma forma tão clara, que me surpreendi com a atenção que deram pro meu caso… e fiquei feliz!

Você acha que foi mais criticada pelo fato de ser uma blogueira?
Acho que hoje a internet dá um falso poder pras pessoas dizerem o que elas não têm coragem de dizer pessoalmente. É muito mais fácil falar de uma pessoa com um negócio pequeno do que atingir uma grande empresa na qual você não fala com uma pessoa, e sim com um slogan. O mercado brasileiro de moda hoje é feito disso, de inspirações em grandes marcas. Felizmente ou infelizmente, é o que as pessoas têm desejo de comprar, às vezes sem nem saber que estão comprando uma cópia. Sinto que o leitor procura isso em todas as blogueiras. Quando você usa muito as marcas high end existe uma cobrança por preços mais acessíveis. A sandália da YSL foi copiada por mil marcas.

Mas vocês não poderiam mostrar peças acessíveis que não sejam inspiradas nas marcas? Ou os leitores pedem apenas alternativas pras marcas?
Existem os dois públicos, tanto pras peças inspiradas quanto pras mais autorais.

As bolsas de lego serão vendidas?
A bolsa nunca foi vendida.

O que te dá mais dinheiro hoje? Cachê-presença? Anúncio? Publipost? Produto licenciado?
É difícil falar exatamente. É muito sazonal: uma época tem mais post no blog, outra é mais presencial. Tem a temporada dos lançamentos, a temporada das vendas de dezembro, quando buscam mais publipost, porque o mês é mais curto e as pessoas querem vendas. As blogueiras são multimídia, não falam só através do blog mas em todas as redes sociais: Facebook, Instagram, Pinterest. Por exemplo: se eu vou fazer um post sobre saúde, acho q o Insta é muito curto e rápido pra uma explicação mais profunda sobre algo que pode colocar a saúde das pessoas em risco – o blog é que é a ferramenta ideal pra isso. Agora, se você quer postar um look sem muitos detalhes o Insta funciona bem. Indicar um link no Face já funciona melhor. Uma coisa não exclui a outra, são só formas a mais pra conversar.

Quanto você ganha com o blog?
Não falo.

Quantos eventos por semana?
Depende da semana. Na passada fiz 3 eventos, esta semana não vou fazer nenhum, mas é uma média de 4 eventos por mês, um por semana.

Você faz look do dia? Como funciona? 
Não tenho stylist, são minhas roupas mesmo. Não fotografo todo dia e nem sempre fotografo na hora que estou usando a roupa pra sair. Tenho uma fotógrafa que me ajuda: separo as coisas, ela vem aqui e a gente fotografa tudo de uma vez. Quando faço look do dia de anunciante são vários looks no mesmo post, que a gente chama de Provador. A Tigresse é anunciante, então faço um post com 5 looks da marca. Só que, por exemplo, às vezes ganho roupa da Tigresse e isso entra como roupa minha mesmo, não como um look pago pela empresa. O que é pago pela marca está no post sinalizado como publicidade. E eu não faço sempre, hoje faço uma ou duas vezes por semana no máximo.

Quais são seus novos projetos?
Acabei de lancar o aplicativo do blog e estamos preparando o canal no Youtube, pra fazer mais vídeos só sobre vida saudável em 2014. Por enquanto é isso!

Tags:                                    

Compartilhar