Asos dá o primeiro passo pra ser cruelty-free!

12.08.2018

A Asos está caminhando pra uma moda mais sustentável!

Os consumidores estão cada vez mais exigentes quanto à origem dos produtos que compram. E a turma dos protetores dos animais aumenta, né? Pensando nisso, a marca Asos – que tem o segundo maior e-commerce de roupas do Reino Unido – declarou que a partir de janeiro de 2019 vai banir algumas matérias-primas de origem animal.

Leia também: nem a lã é inocente

Após uma investigação do Peta que revelou os maus-tratos na criação de cabras angorá, gigantes da indústria da moda como H&M, Zara, Gap, Topshop e Primark declararam que não vão mais utilizar mohair (pelo do animal) em suas peças! A Asos anunciou a mesma coisa em junho mas também deixa de lado cashmere, seda, penas e penugem, osso, dente, conchas e pérolas! A marca pretende continuar com alguns tipos de couro, lãs e outros pelos de animais que sejam subprodutos da indústria da carne e de fornecedores com criação de animais que respeitem certos parâmetros. Tomara que influencie outras marcas a fazer o mesmo, né? Vamos ficar de olho!

Tags:                        

Compartilhar