As bolsas da Rivetto resgatam o trabalho manual no couro!

04.01.2017

Outro modelo, bem divertido (a partir de R$ 1.889). O que achou da Rivetto? Conta pra gente!
As bolsas criadas em parceria com Lucas Barros pro Veste Rio (a partir de R$ 1.889)
Super bem acabada!
A bolsa-bule criada pro desfile da Caroline Funke, estreiante no Project Lab da Cdc (preço sob consulta)
Outra opção, azul e caramelo! (R$ 165)
Em preto e marrom (R$ 165)
As pochetes envelope em duas cores (R$ 165) e o cinto turquesa (R$ 145) – estilosérrima!
A bolsa-carteiro (R$ 640) é ótima pra levar o notebook!
A maleta (R$ 1.230) vem com um bolso porta-documentos e um bolso menor, porta-celular
Quem começa, acaba: as bolsas da Rivetto são feitas por um único artesão, que prima por todos os mínimos detalhes na modelagem e acabamento do couro. A mochila da foto custa R$ 1.180, boa opção pros mais práticos. Clica pra conferir mais!

A Rivetto, marca de bolsas e acessórios em couro, tem um design funcional e clean combinado com a proposta de resgatar as técnicas tradicionais de trabalho manual. Luca Mirandola, o estilista e artesão italiano (e arquiteto!) por trás disso tudo, também considera importante o conceito do slow-fashion – e o aplica em sua marca, transmitindo em cada um dos acessórios atemporalidade e o melhor acabamento possível.

Confira as bolsas artsy da Hands of Indigo!

Luca resolveu explorar no Brasil o que comumente é valorizado em terras européias: o fazer à mão, com cuidado e nos mínimos detalhes. Na Rivetto, cada peça é feita por um único artesão, dando uma identidade única aos acessórios. A marca, inclusive, já foi às passarelas: no Veste Rio deste ano, no desfile de Lucas Barros e na Casa de Criadores, pra Caroline Funke – as bolsas-bule são inspiradas no universo surrealista! No site da marca, é possível ainda personalizar seu acessório. Clica na foto pra ver mais da Rivetto!

Rivetto: (11) 3221-8301

Tags:                              

Compartilhar