Apple Watch: a revolução chegou?

09.09.2014

De ladinho dá pra ver bem a diferença entre eles
A redação do Blog LP está meio dividida… Mentira! A gente quer sim!
Apple Watch: você vai querer um?

Pode ser que você, applemaníaco, já tenha visto tudo sobre usabilidade do Apple Watch em outros sites especializados em tecnologia (e se não, saiba logo de cara que ele pode transmitir os seus batimentos cardíacos; que ele “sente” quando você levanta o pulso e portanto pode ficar apagado enquanto você deixa ele abaixado; que aquela rodinha na lateral do relógio que antes servia pra ajustar a hora virou uma ferramenta mais incrementada…). Mas é lógico que a infohunter do Blog LP Cris Almeida, enviada especial pro evento de lançamento em Cupertino, Califórnia, estava interessada no lado fashion da coisa – e a gente também. E aí? A marca conseguiu fazer um gadget vestível que todo mundo vai querer usar?

A resposta é: bem possível que sim. Ao contrário dos iPhones, que geralmente estão disponíveis em poucas variações (o iPhone 6, que foi apresentado junto com o Apple Watch, vai ter versões em preto, prata e dourado, só), o novo relógio-desejo conta com 3 coleções, dois tamanhos, 6 texturas de pulseira diferentes e várias cores. Tem até o ouro 18k, ui, em amarelo ou rosa! Porém, uma coisa que chama a atenção é que ele é necessariamente retangular, seja qual for o tamanho que você escolher. Ou seja, pra quem só gosta de relógio redondo… má notícia. O Apple Watch deve chegar nas lojas lá de fora no começo de 2015 por US$ 350. Confira também os outros smartwatches das marcas concorrentes da Apple nesse link!

Cris Almeida, infohunter do Blog LP direto de Cupertino, CA

Tags:                

Compartilhar