A invasão russa: Ulyana Sergeenko

19.02.2013

Quem gosta e acompanha blogs de streetstyle já sabe que o mundo da moda presencia uma invasão russa. Além das modelos off-duty, editoras e estilistas de nosso primo do BRIC são um dos focos das lentes dos fotógrafos. Miroslava Duma (editora da “Harper’s Bazaar” russa), Anya Ziourova (diretora de moda da “Tatler” russa) e as estilista Vika Gazinskaya e Ulyana Sergeenko fazem parte desse grupo – e é principalmente a última que chamou a atenção do Blog LP. Afinal, é ela que apresenta coleção durante a Semana de Alta-Costura de Paris e já vestiu Lady Gaga… Não para por aí: a russa de 32 anos foi eleita pela “Vanity Fair” como uma das mais estilosas de 2012 e tem o apoio de ninguém menos que da top Natalia Vodianova. Quer saber mais sobre? Confira a entrevista que fizemos abaixo!

O que mais te interessa na moda?
Acho que é a possibilidade de expressar minhas ideias de modos diferentes. Moda, pra mim, não é só fazer roupas ou “se montar”. Estou diretamente envolvida em todos os aspectos do meu negócio e é uma das coisas que mais adoro em meu trabalho. Decido o corte e a cor de uma peça, a locação do desfile, a beleza das modelos, a música e o styling. Também trabalho na área estratégica da empresa, relações públicas, distribuição etc. Claro que gosto mais da parte criativa, mas sei que ela está fortemente conectada com todos os outros pontos.

Você também é fotógrafa e é formada em Filologia [estudo da língua através de uma visão histórica]. Você acha que uma formação ampla é importante no seu trabalho?
Claro! Na hora de fotografar, por exemplo, você tem que saber qual é a melhor qualidade de um look e como realçá-la – através da luz, do set e da composição.

Como crescer na União Soviética influenciou seu estilo?
Acho que é parte de quem sou… Sempre terá algo de russo no meu estilo, aparência ou trabalho, mas acho que é algo que se percebe melhor com distanciamento. Pra mim é normal e às vezes me surpreende quando alguém me diz que algo que fiz é muito “russo”.

Você já foi fotografada em vários sites de streetstyle. Você tem uma rotina na hora de escolher um look?
Não. É impossível! Às vezes tento planejar o que vou usar, digamos, amanhã, mas no fim sempre decido pelo humor do dia. É bem espontâneo… Generalizando, meu estilo depende das coisas que estão na minha imaginação no momento: um livro, um filme, alguma história que um amigo me contou ou alguma memória de infância.

Quais são seus nomes preferidos do mundo da moda?
É difícil escolher poucos, já que existem tantos talentos na indústria! Admiro muito o trabalho de Azzedine Alaïa, Jean Paul Gaultier e John Galliano, além de respeitar muito Dolce & Gabbana, Prada, Valentino e Marc Jacobs. Quanto à fotografia, eu adoro Ellen von Unwerth, Patrick Demarchelier, Nick Knight, Paolo Roversi… E claro, os clássicos de Richard Avedon.

Momento cultural: que lugares alguém precisa visitar quando estiver na Rússia?
Uma das melhores atrações é o VDNKH – é um complexo de parques e prédios construídos em Moscou nos anos 50, representando o sucesso da economia comunista. Tem esculturas soviéticas, fontes, mosaicos… Mas não é uma atração muito conhecida entre os russos. Outro lugar é Suzdal – uma pequena e charmosa cidade não muito longe de Moscou, com dúzias de igrejas antigas, monastérios e fortes lindos. E São Petersburgo, claro, porque é uma das cidades mais lindas do mundo! As praças, as pontes, os palácios – é maravilhoso!

Tags:          

Compartilhar