2017 foi o ano da diversidade na moda

30.12.2017

Saiu na capa da “Vogue” América de março com colegas, celebrando o poder feminino. E você, do que mais gostou em matéria de diversidade na moda em 2017?
E uma das 100 pessoas mais influentes de 2017 pela revista “Time”
A top plus size Ashley Graham foi eleita uma das modelos mais bem pagas do ano
E da “Allure”, usando aparelho ortodôntico!
Foi capa da “CR Fashion Book”
A modelo somaliense Halima Aden que desfilou com seu hijab pra várias marcas como Alberta Ferreti e Max Mara
A top na campanha de primavera-verão 2017 da Givenchy
Lea T. encarnou a Vênus de Botticelli pra “Elle” Brasil – reparou que a revista é uma das referências brasileiras mais fortes em matéria de diversidade, né?
Hari Nef foi capa da “Elle” Brasil de fevereiro
A modelo trans Dara ao lado de Alex Wek pra campanha de Helmut Lang
Foi a 1ª modelo trans capa da “Vogue” Paris
A brasileira Valentina Sampaio foi um dos destaques do ano
A Lab do Emicida teve casting predominantemente negro e muita diversidade de corpo
E a Gloria Coelho: a cantora Marina Lima desfilou pra estilista
No SPFW, algumas marcas apostaram em modelos mais velhas como a UMA
As debutantes de Rober Dognani
Quando assunto é diversidade, a Casa de Criadores dá um show no Brasil: Candy Mel pra Weider Silveiro
Madeline Stuart, que tem síndrome de Down, lançou sua marca na Semana de Moda de NY
Das 17 novas modelos que desfilaram pra Victoria’s Secret esse ano, 6 eram negras – e a gente espera que em 2018 esse número aumente, assim como a diversidade de corpo, né?
A campanha Soul Scene da Gucci teve casting 100% negro
Depois de muitas críticas sobre apropriação cultural, Marc Jacobs se inspirou no hip-hop pro outono-inverno 2017 mas o casting de seu desfile era majoritariamente negro
A atriz também foi garota-propaganda da Bottega Veneta
Lauren Hutton, de 73, posou de lingerie pra campanha da Clavin Klein dirigida por Sofia Coppola
Jan de Villeneuve com 70 anos na passarela de Simone Rocha
Michael Kors teve um dos desfiles mais diversos da temporada: na foto, a top de 43 anos Carolyn Murphy
Passarela diversa: primavera-verão 2018 do Christian Siriano – clica na foto pra ver mais!

2017 foi o ano que a moda foi mais diversa e inclusiva. No entanto, olhando um panorama geral, ainda é muito pouco. O ideal seria que marcas com diversidade como uma de suas prioridades fossem o padrão e não a excessão, né? Quanto mais as pessoas se conscientizam, mais as marcas são cobradas e fazem algo a respeito. Ou seja, tem que fazer barulho mesmo!

Confira: o ano que Anitta deu xeque-mate!

Nesse ano tivemos exemplos maravilhosos como a cearense Valentina Sampaio, trans e maravilhosa, que arrasou em várias campanhas internacionais e estampou a capa da “Vogue” Paris, “Elle”e “Vogue” Brasil. E mais: a modelo somaliense Halima Aden desfilou com seu hijab pra Alberta Ferretti, Max Mara e Yeezy de Kanye West; foi garota-propaganda da Nike e ainda virou estrela da “Allure” usando aparelho ortodôntico!

Veja também: Girl Power – pra começar 2018 empoderada!

A top plus size Ashley Graham foi eleita uma das modelos mais bem pagas do ano e é uma das vozes mais importantes do “body positive“, inspirando milhares de meninas. Das 17 novas modelos que desfilaram pra Victoria’s Secret esse ano, 6 eram negras – e a gente espera que em 2018 esse número aumente, assim como a diversidade de corpo, né? Afinal, representatividade é importante e não é só mais uma tendência!

E outra parte dessa questão que ainda não foi tão debatida e que promete crescer é a representatividade enquanto problema estrutural, como um todo – enquanto não houver mais diversidade dentro das empresas, em cargos importantes que tomam decisões, o problema só está parcialmente resolvido. Ou seja: é legal ver uma passarela e uma campanha que levanta essa bandeira, mas é mais legal ainda se a marca abraçar isso como um todo, inclusive no seu quadro de funcionários, e não apenas como estratégia de marketing. Na galeria você confere mais do que rolou em 2017 – clica na foto pra ver!

Tags:                                

Compartilhar