Uma experiência geométrica na expô “Construções Sensíveis”

22.04.2017

E “Mataesquema”, do Hélio Oiticica. Curtiu?
“Restless”, do Iran do Espírito Santa
Da Gyulia Kosice, “Parabólica”
Essa “teia” é de Gustavo Perez Monzon
Essa é do Gego Boceto
“Ondulantes”, do Gaspar Gasparian
Outra obra dela
“Cobalto Y Blanco”, da Carmen Herrera
Da Anna Maria Maiolino
“Tentáculos de Ferro”, do José Yalenti
E “Light Display”
“Brasília”, de Thomas Farkas
“Varal”, da mesma série
Rubens Teixeira, da série “Scavone”
E “Linhas”
Do Paulo Pires, “Comporta”
Também dele, “Formes Virtuelles” – Julio é um dos maiores nomes da arte cinética
“Element Mouvement”, do Julio Le Parc
Essa obra é do Sandu Darie – clica pra ver mais!

Está em cartaz na galeria de arte do Centro Cultural Fiesp a exposição “Construções Sensíveis” com parte da coleção de Ella Fontanais-Cisneros. São 124 obras, de 63 autores e 7 países de América Latina promovendo uma experiência geométrica ao público, entre pinturas, desenhos, esculturas, objetos, fotografias e vídeos. O Brasil está representado por nomes como Lygia Clark, Hélio Oiticica, Mira Schendel, Geraldo de Barros e Thomaz Farkas, que tal? Na galeria você confere mais – é só clicar na foto acima pra ver!

“Construções Sensíveis”
Até 18/06, de segunda a sábado das 13h às 21h e domingo das 10h às 19h30
Centro Cultural Fiesp: av. Paulista, 1313, Cerqueira César, SP
(11) 3253-3227
Entrada gratuita

Tags:                                

Compartilhar