Roteiro do Bom Retiro por fashionistas

Google Maps
Bom Retiro na pauta da vez! Próxima Ver mais fotos
Bom Retiro na pauta da vez!

O mundo dá voltas… E, quem diria, um dos bairros que está na boca dos fashionistas nessa semana é o Bom Retiro! É ali naquela concentração de lojas de tecido, de roupa e de muitas culturas (com maior incidência de comunidades coreanas, bolivianas e judaicas) que foi marcado o desfile de 21/06 de Paula Raia, na chamada Casa do Povo. Esse é o nome mais popular do Instituto Cultural Israelita Brasileiro, que faz 60 anos em 2013 e vive, atualmente, uma retomada de suas atividades após reforma comandada por Isay Weinfeld. Paula não tem uma relação forte com o bairro mas conheceu o local em uma sessão de fotos e achou que seria um bom espaço pro seu desfile de primavera-verão 2013/14, por causa do ineditismo e por sair do eixo da zona Oeste de SP.

Além disso, Weider Silveiro, do line-up da Casa de Criadores, se une a um grupo do Nordeste e abre uma loja de fast-fashion no bairro, a OFFi, como sócio e coordenador de estilo. A sua marca homônima continua separadamente, mas a OFFi, que vai funcionar como atacadista apesar de ser fast-fashion, é um projeto paralelo e tanto, que empolga bastante o estilista. Ela só abre em 26/06 na r. Silva Pinto, 243 – mas Weider, que é habituê do bairro, já dá algumas dicas do que fazer no local ao lado de outras pessoas que têm a sua história profissional e pessoal relacionada com o “Bonra”! A saber: a estilista Yoon Hee Lee, que mora no Bom Retiro desde que voltou ao Brasil; Amir Slama, que trabalhou no local por muito tempo; a produtora Renata Shoel, que já foi do time do Blog LP e também tem dicas ótimas; e o Blog LP em si, claro! Confira o roteiro abaixo!

. Moura Revistas Fashion Café: “Eles tem ótimas publicações, que você pode ver enquanto toma um cafezinho”, conta Weider. A oferta é grande nas prateleiras, de revistas de moda internacionais a cadernos de tendências.
R. da Graça, 188
Informações: (11) 3337-7242

. Ainda na linha lanches, sobremesas e cafés, Yoon indica o Fresh Cake Factory. Vale ir mesmo: tem leite quente com feijão azuki (o chamado red bean latte) e bolo de chá verde!
R. Prates, 585
Informações: (11) 3311-6362

. E o Amir, comia onde? “Faz uns 3 anos que não tenho mais escritório lá, mas vamos ver o que lembro… De restaurantes, tem o Acrópoles (R. da Graça, 364), de comida grega. Eles têm um cardápio ilustrado – é uma forma bacana de escolher os pratos pra quem ainda não conhece. O Delishop (R. Correia de Mello, 206), de comida judaica, também tem uma apresentação bacana. Pra um lanche rápido, vale passar na Casa Búlgara (R. Silva Pinto, 356) e comer uma bureka.”

. “Homem não Entra“, da Companhia Pessoal do Faroeste, é uma peça que está em cartaz com Mel Lisboa. Ela é inspirada em evento histórico que aconteceu em 1953, em SP, quando Jânio Quadros retirou a prostituição do Bom Retiro e concentrou-a na Luz. Foi o nascimento da Boca do Lixo. Em cartaz aos sábados às 23h e domingos às 17h, até 18/08 – e é proibida pra menores de 18 anos! Ui!
Sede Luz do Faroeste: rua do Triunfo, 305
Valor dos ingressos é estipulado pelo próprio espectador. Reservas com valor fixo de R$ 40.
Informações: (11) 3362-8883

. Mercadinhos de itens coreanos: lamens apimentadíssimos, kimchi, biscoitos… Tem até verduras e legumes frescos! É como aqueles mercadinhos da Liberdade, mas bem focados na Coreia. Tem um na Silva Pinto e um na Três Rios.

. E também tem mercearia judaica! Uma das mais conhecidas é a Casa Menorah. Gefilte fish, pão preto… Hum!
R. Guarani, 114
Informações: (11) 3228-6105

. Gaya: é um dos restaurantes coreanos do bairro. “Esse tem um bimpimpá maravilhoso”, Weider revela, “existem vários outros mas não sei o nome porque geralmente está tudo escrito na língua deles!”
R. Guarani, 158
Informações: (11) 3313-6474

. Também tem mais um clássico: o Bistrô da Sara, que já faz um tempo que não é mais buffet e sim a la carte. Encareceu um pouco por conta disso, mas ainda vale a pena!
R. da Graça, 32
Informações: (11) 3362-1725

. Procurando por roupa, mesmo? A maioria é atacado, então o jeito é comprar com bastante volume – muita gente se junta com as amigas pra comprar, sabia? Weider recomenda a Hit e a Aha da r. Aimorés, a Máxima e a Chocoleite da r. Professor Cesare Lombroso e a Elements: “essa tem um produto supersingular, bem diferente do que os outros fazem. Tem uma identidade”. E, claro, a OFFi! De acessórios, a Yoon lembra da Le Charm e da Olha que Linda Bijoux. Amir indica a Estratosfera, que é uma marca com a qual ele está trabalhando agora e que está há 20 anos no mercado. E a Renata ainda lembra da Feira do Vestido de Festa, que é um babado: ela se autodenomina a maior loja de vestido de festa de SP!

. Aviamentos: “Amo a loja que fica na r. Julio Conceição”, conta Weider. Dica de estilista, hein?

. Todo mundo cita o Bom Ra. Diz que a picanha é clássica!
R. dos Italianos, 198
(11) 3362 1842

. Passeios: o parque da Luz, a Pinacoteca e o Museu da Língua Portuguesa são os mais manjados, né? Experimente também a Casa do Povo em si, que conta com programação bacana. E a Renata também sugere um programa muito instigante: uma visita ao Estádio Municipal de Beisebol Mie Nishi! Ele existe desde 1958 e é o único local público pra prática de beisebol da cidade. Sabia disso? Pois é, o Bom Retiro guarda muitos segredos… 😉

Tags:                  

Compartilhe Imprimir Google + Pinterest Whatsapp

Escolhas da Lilian

Últimas