Categorias: E Mais... Prazeres

Roteiro do Bom Retiro por fashionistas

20.06.2013

Croqui da coleção de Paula Raia que desfila na Casa do Povo
Mais um!
Look da OFFi por Weider Silveiro
Bom Retiro na pauta da vez!

O mundo dá voltas… E, quem diria, um dos bairros que está na boca dos fashionistas nessa semana é o Bom Retiro! É ali naquela concentração de lojas de tecido, de roupa e de muitas culturas (com maior incidência de comunidades coreanas, bolivianas e judaicas) que foi marcado o desfile de 21/06 de Paula Raia, na chamada Casa do Povo. Esse é o nome mais popular do Instituto Cultural Israelita Brasileiro, que faz 60 anos em 2013 e vive, atualmente, uma retomada de suas atividades após reforma comandada por Isay Weinfeld. Paula não tem uma relação forte com o bairro mas conheceu o local em uma sessão de fotos e achou que seria um bom espaço pro seu desfile de primavera-verão 2013/14, por causa do ineditismo e por sair do eixo da zona Oeste de SP.

Além disso, Weider Silveiro, do line-up da Casa de Criadores, se une a um grupo do Nordeste e abre uma loja de fast-fashion no bairro, a OFFi, como sócio e coordenador de estilo. A sua marca homônima continua separadamente, mas a OFFi, que vai funcionar como atacadista apesar de ser fast-fashion, é um projeto paralelo e tanto, que empolga bastante o estilista. Ela só abre em 26/06 na r. Silva Pinto, 243 – mas Weider, que é habituê do bairro, já dá algumas dicas do que fazer no local ao lado de outras pessoas que têm a sua história profissional e pessoal relacionada com o “Bonra”! A saber: a estilista Yoon Hee Lee, que mora no Bom Retiro desde que voltou ao Brasil; Amir Slama, que trabalhou no local por muito tempo; a produtora Renata Shoel, que já foi do time do Blog LP e também tem dicas ótimas; e o Blog LP em si, claro! Confira o roteiro abaixo!

. Moura Revistas Fashion Café: “Eles tem ótimas publicações, que você pode ver enquanto toma um cafezinho”, conta Weider. A oferta é grande nas prateleiras, de revistas de moda internacionais a cadernos de tendências.
R. da Graça, 188
Informações: (11) 3337-7242

. Ainda na linha lanches, sobremesas e cafés, Yoon indica o Fresh Cake Factory. Vale ir mesmo: tem leite quente com feijão azuki (o chamado red bean latte) e bolo de chá verde!
R. Prates, 585
Informações: (11) 3311-6362

. E o Amir, comia onde? “Faz uns 3 anos que não tenho mais escritório lá, mas vamos ver o que lembro… De restaurantes, tem o Acrópoles (R. da Graça, 364), de comida grega. Eles têm um cardápio ilustrado – é uma forma bacana de escolher os pratos pra quem ainda não conhece. O Delishop (R. Correia de Mello, 206), de comida judaica, também tem uma apresentação bacana. Pra um lanche rápido, vale passar na Casa Búlgara (R. Silva Pinto, 356) e comer uma bureka.”

. “Homem não Entra“, da Companhia Pessoal do Faroeste, é uma peça que está em cartaz com Mel Lisboa. Ela é inspirada em evento histórico que aconteceu em 1953, em SP, quando Jânio Quadros retirou a prostituição do Bom Retiro e concentrou-a na Luz. Foi o nascimento da Boca do Lixo. Em cartaz aos sábados às 23h e domingos às 17h, até 18/08 – e é proibida pra menores de 18 anos! Ui!
Sede Luz do Faroeste: rua do Triunfo, 305
Valor dos ingressos é estipulado pelo próprio espectador. Reservas com valor fixo de R$ 40.
Informações: (11) 3362-8883

. Mercadinhos de itens coreanos: lamens apimentadíssimos, kimchi, biscoitos… Tem até verduras e legumes frescos! É como aqueles mercadinhos da Liberdade, mas bem focados na Coreia. Tem um na Silva Pinto e um na Três Rios.

. E também tem mercearia judaica! Uma das mais conhecidas é a Casa Menorah. Gefilte fish, pão preto… Hum!
R. Guarani, 114
Informações: (11) 3228-6105

. Gaya: é um dos restaurantes coreanos do bairro. “Esse tem um bimpimpá maravilhoso”, Weider revela, “existem vários outros mas não sei o nome porque geralmente está tudo escrito na língua deles!”
R. Guarani, 158
Informações: (11) 3313-6474

. Também tem mais um clássico: o Bistrô da Sara, que já faz um tempo que não é mais buffet e sim a la carte. Encareceu um pouco por conta disso, mas ainda vale a pena!
R. da Graça, 32
Informações: (11) 3362-1725

. Procurando por roupa, mesmo? A maioria é atacado, então o jeito é comprar com bastante volume – muita gente se junta com as amigas pra comprar, sabia? Weider recomenda a Hit e a Aha da r. Aimorés, a Máxima e a Chocoleite da r. Professor Cesare Lombroso e a Elements: “essa tem um produto supersingular, bem diferente do que os outros fazem. Tem uma identidade”. E, claro, a OFFi! De acessórios, a Yoon lembra da Le Charm e da Olha que Linda Bijoux. Amir indica a Estratosfera, que é uma marca com a qual ele está trabalhando agora e que está há 20 anos no mercado. E a Renata ainda lembra da Feira do Vestido de Festa, que é um babado: ela se autodenomina a maior loja de vestido de festa de SP!

. Aviamentos: “Amo a loja que fica na r. Julio Conceição”, conta Weider. Dica de estilista, hein?

. Todo mundo cita o Bom Ra. Diz que a picanha é clássica!
R. dos Italianos, 198
(11) 3362 1842

. Passeios: o parque da Luz, a Pinacoteca e o Museu da Língua Portuguesa são os mais manjados, né? Experimente também a Casa do Povo em si, que conta com programação bacana. E a Renata também sugere um programa muito instigante: uma visita ao Estádio Municipal de Beisebol Mie Nishi! Ele existe desde 1958 e é o único local público pra prática de beisebol da cidade. Sabia disso? Pois é, o Bom Retiro guarda muitos segredos… 😉

Tags:                  

Compartilhar