Categorias: Recicle-se

Vivienne Westwood quer fazer o que governantes ainda não fizeram

02.12.2011

ReproduçãoVivienne fez uma estampa de lenço pro Cool Earth pra ilustrar sua nova parceria

Vivienne Westwood já foi ao Quênia este ano pra fechar os detalhes de um projeto social supersustentável, que envolve uma coleção de acessórios com sua etiqueta. E agora a britânica anuncia um projeto em parceria com o Cool Earth, o “No Fun Being Extinct“. A ONG trabalha no esquema de proteção de florestas pelas comunidades locais, pra criar uma rede sustentável que evita a extinção das espécies de cada região.

A estilista tornou-se uma porta-voz da causa e já investiu cerca de R$ 3 milhões na nova empreitada, segundo nota do “WWD“. De acordo com o blog de Vivienne, o plano envolve combater o desmatamento em 3 áreas simultaneamente: a Amazônia peruana, onde o desmatamento corre solto, a floresta da bacia do Congo e Bornéu, a ilha asiática.

VEJA TAMBÉM: As bolsas quenianas de Vivienne
LEIA MAIS: O verão de Westwood desfilado em Paris

Ela já teria, inclusive, escalado Kate Moss, Lily Cole e Sadie Frost pra apoiarem o projeto – a meta é chegar aos R$ 20 milhões até 2013. O dinheiro é repassado pro Cool Earth e investido em ações com as populações nativas, que funcionam como “guardiãs das matas”. E em 2012 Westwood se reúne com o governo inglês pra mostrar os resultados de seus esforços, numa tentativa de convencer os políticos de que esse trabalho com as comunidades é a melhor forma de evitar o desmatamento ilegal no mundo todo.

“Governantes… Eles são tão devagar que não podemos mais esperar por eles”, disse Vivienne em entrevista ao “The Times“. No site do projeto tem mapinha interativo com as espécies em extinção, o valor que você pode doar pra apadrinhas cada uma delas e até dar seu nome pras árvores!

Tags:                  

Compartilhar