Tênis Cariuma: uma das ideias mais inovadoras de 2019! Vem entender!

06.01.2020

O modelo Ibi: ultraleve, vegano e sustentável

Você sabia que cerca de 20 bilhões de calçados são produzidos anualmente no mundo e cada par gera uma emissão de cerca de 13,6 kg de gás carbônico?.Mas não precisa se desesperar: algumas marcas vem inovando com alternativas descoladas e ecológicas que prometem conforto e estilo com menos impacto ambiental, como a Vert que eu já te contei aqui.

E hoje eu te conta da Cariuma, que foi criada no Rio de Janeiro em maio de 2018 por Fernando Porto, que já foi executivo da Richards e presidente da Schutz nos Estados Unidos, e David Python, ex-diretor da Schutz e do setor comercial do grupo Arezzo. Eles viram a oportunidade de fazer modelos de tênis clássicos, mas também confortáveis e ecológicos. Cientes de que dois terços das emissões de carbono no processo tradicional de calçados estavam na produção, eles encontraram a saída com design thinking – pra mudar a produção, é preciso mudar o design do produto em sua etapa de desenvolvimento.

Embalagem feita de materiais 100% reciclados e recicláveis de fornecedores certificados

No site, eles contam como atingem uma pegada de carbono neutra e falam da origem e composição dos materiais usados. Tudo é adquirido por comércio justo e com preocupação pelas condições de trabalho dos funcionários, que foi uma das motivações pra criarem a Cariuma. Entre os itens que compõem os sneakers, estão o algodão orgânico, borracha extraída de seringueiras sem danificá-las e couro de fornecedores que tratam ou reutilizam 100% da água usada no processo de sua produção. E eles não utilizam couro de regiões desmatadas para a criação de gado.

Os sneakers ecológicos Ibi estão disponíveis em oito cores diferentes

A pegada de carbono gerada pela entrega dos tênis é compensada com apoio a projetos e ações sustentáveis. Uma delas aconteceu no último Natal: em vez de mandar um tênis de presente para jornalistas nos Estados Unidos, onde a Cariuma está presente, eles plantaram cinco árvores em nome de cada presenteado. E na última Black Friday, eles plantaram 11 árvores na floresta amazônica pra cada par vendido.

Entre os lançamentos recentes, está o tênis vegano Ibi, feito de plástico reciclado e bambu, planta que se regenera rapidamente depois de ser cortada. Tradicionalmente, na produção de malha de bambu são usados produtos químicos e tóxicos para os trabalhadores e o meio ambiente, mas a marca carioca adotou outro processo. O bambu é aquecido e transformado em carvão em pó, que é misturado com o pó do plástico reciclado até virar o tecido.

Já a sola é feita com EVA ecológico de cana de açúcar, os cadarços são de garrafas plásticas recicladas e a palmilha (que é removível!) é de espuma, cortiça e óleo de mamona. A Cariuma não trabalha com grandes estoques. Quando um item esgota, é criada uma lista de espera pra planejar quanto produzir novamente. O estoque do Ibi, por exemplo, acabou em apenas 3 semanas e foi nomeado pela revista americana Fast Company como uma das ideias que mudaram o mundo em 2019. A estratégia parece estar indo muito bem, obrigada: a marca cresceu cerca de 1.500% nos últimos 12 meses!

Da esq. para dir., as colabs com o artista de rua Toz, com a Pantone e com a cartunista Arianna Margulis

Desde o começo e pra continuar inovando, a Cariuma está sempre fazendo colabs. O artista de rua Toz, a cartunista Arianna Margulis e o ícone fashion americano Luka Sabbat estão entre elas, além da parceria global e exclusiva com a Pantone pra cor de 2020, o azul clássico. Os tênis da Cariuma estão disponíveis tanto no site oficial da marca como na Farfetch!

Tags:                                        

Compartilhar