Como ganhar 450 euros a partir de meias velhas

24.02.2014

E quem quiser experimentar pode comprar apenas os fios pra fazer suas próprias peças em casa!
Todas podem ser adquiridas na loja em Paris ou no e-commerce
As peças que ela faz chegam a custar até € 450
A ideia cresceu tanto que a oficina de Márcia atualmente oferece também é um curso de moda com ênfase no tricô
Ela transforma pés de meias doados em novas peças
A brasileira Márcia de Carvalho fundou o Meias Orfãs em 2008 na França

Não sabe o que fazer com aquele pé de meia que você não consegue achar o par? Márcia Carvalho te ensina! A brasileira começou um projeto em 2008 na França intitulado Meias Órfãs. A proposta é utilizar meias que perderam um dos pés pra fazer mantôs, chapéus, echarpes e outros acessórios. As peças prontas são vendidas pelo e-commerce da marca e no ateliê em Paris e chegam a custar até € 450, de acordo com o tempo e a mão de obra envolvida na produção.

Já viu a coleção de jeans reciclado da H&M?

O trabalho cresceu tanto que, no Ano da França no Brasil em 2009, foi chancelado como projeto oficial. Márcia teve a oportunidade de levar 5 estilistas que trabalhavam com ela pra região de Marechal Deodoro, no Nordeste, pra trocar conhecimentos com as artesãs da região. Elas ensinaram a arte da renda filé e aprenderam novas padronagens e modelagens pra aprimorar sua técnica – todas saíram ganhando!

A Osklen lançou uma coleção feita por haitianos, clica pra saber mais!

Atualmente a estilista tem uma parceria com a École de la Maille e ministra um curso de moda de 3 anos com ênfase em malha e tricô, além de programas de curta duração e formação pra empresa (ano passado ela recebeu um grupo da Louis Vuitton). Pra Márcia, a transmissão de conhecimento é terapêutica – ela pretende trazer essas aulas pra alguma faculdade brasileira em setembro deste ano. Até lá, quem quiser se aventurar pode comprar os kits de fio reciclado + manual (a partir de € 20) disponíveis no e-commerce que entrega no Brasil!

Tags:                            

Compartilhar