Os sapatos veganos da Insecta Shoes

10.04.2014

Já ouviu falar em sapatos veganos? A Insecta Shoes, criada por Bárbara Mattivy e Pamella Magpali, desenvolve modelos feitos de tecido de peças de brechó e nenhuma matéria-prima de origem animal! Com o reaproveitamento como lema, elas confeccionam oxfords e botas estampadíssimaseco-friendly! Quer saber mais? Confere na entrevista que o Blog LP fez – e depois clica na foto pra ver modelos!

Veja mais: as rasteirinhas de Lane Marinho

Como a Insecta Shoes surgiu?
A Pam tinha a MAG-P Shoes, marca de sapatos artesanais que usava o excesso de couro da indústria calçadista, e eu tinha a Urban Vintagers, um brechó online. Nos conhecemos por uma amiga em comum, a Adriana Tubino. Mostrei pra Pam umas roupas vintage com estampas lindas, porém em tamanho XXL – que comprei pra reajustar o tamanho e acabei não arrumando –  e ela sugeriu usarmos essas peças pra fazer sapatos. O resultado ficou lindíssimo e a receptividade do mercado foi imensa! Como estava me mudando pro Canadá, precisava de uma sócia que me ajudasse a tocar o business no Brasil: bolamos um produto 100% sustentável e inovador, e lançamos a Insecta Shoes em janeiro deste ano!

Quais são suas referências e inspirações?
Não somos fashion victims, nem acompanhamos diariamente as tendências e novidades do mundo da moda. E nós duas amamos insetos: eu com meus colares de âmbar e bichinhos, e a Pam com a coleção dela de besouros secos. Além disso, a natureza e o Brasil nos inspira muito! Amamos animais, paisagens, passar o final de semana no meio do mato ouvindo Mutantes, Caetano Veloso – somos jovens, mas vivemos super no passado! E nossa maior fonte de inspiração é a internet e a rua: adoramos descobrir novos talentos e projetos lindos e sustentáveis. Também amamos sair garimpando roupas antigas e nossa maior diversão é achar estampas inusitadas e bonitas: uma vez encontramos uma calça de chef de cozinha maravilhosa, cheia de estampas de legumes e frutas. Surtamos! A gente tenta reunir visualmente toda essa montanha de informação no nosso Tumblr.

Todos os tecidos vem de brechós? Como funciona esse garimpo?
Sim, o cabedal dos sapatos é 100% de tecido de peças usadas. Estar no Canadá facilita bastante, pois há muitas ofertas de brechós e thrift shops por aqui. Também temos alguns fornecedores de vintage e frequentamos algumas lojas de bairro. Garimpamos também em Porto Alegre, SP e Campo Grande. O legal de transformar tudo em sapato é que podemos ir atrás daquelas peças com uma modelagem mais defasada, mas com uma cor ou estampa maravilhosa, que provavelmente ninguém ia comprar, e reutilizar de uma forma nova.

O processo é artesanal?
Sim, trabalhamos com um pequeno ateliê em Novo Hamburgo que nos ajuda na produção e ela é praticamente toda à mão. Uma saia, por exemplo, pode se transformar em 5 sapatos, dependendo do tamanho, mas produzimos 5 sapatos 100% únicos porque mudamos a cor da sola, do forro, do cadarço. Então as chances de encontrar um Insecta igual ao outro na rua são zero! Cada leva de sapatos demora em torno de 15 dias pra ficar pronta. E cada sapato, digamos que em torno de um dia.

O quem tem na sua marca que não tem nas outras?
A Insecta faz tudo com amor! Temos idoneidade, sustentabilidade de verdade – não existe nenhuma outra marca fazendo o que a Insecta faz! Estamos fazendo nossa parte na tentativa de transformar o mundo num lugar melhor: produzimos localmente, investimos no crescimento do Brasil. Abrimos mão de margens de lucro maiores pra que o produto não seja só mais um sapato, mas conte uma história e leve o país e a humanidade pra frente.

Insecta Shoes: hello@insectashoes.com

Tags:                          

Compartilhar