Detox de hábitos pra reduzir seu impacto ambiental

ReproduçãoMrs. Doubtfire, você precisa mesmo desse aspirador?

O No Impact Project é um site criado por Colin Beavan, um homem que resolveu testar novos hábitos, naquela lógica de cada um fazer sua parte por um mundo melhor. Antes de tocar o projeto, Colin documentou em um blog as pequenas mudanças que foi introduzindo em seu dia-a-dia, que no fim fizeram uma grande diferença pra ele e, proporcionalmente, pro meio ambiente. A história virou livro e rendeu algumas manchetes na época e só depois disso surgiu essa outra página, onde ele incentiva as pessoas a fazerem o mesmo, destacando que não se trata de se privar de tudo, e sim se reorganizar pra melhorar, principalmente, sua qualidade de vida.

O 1º passo funciona como um detox: 1 semana de treinamento prático, onde cada dia é dedicado a uma nova mudança. Depois de 7 dias, a ideia é que você introduza o que aprendeu naquela que eles chamam de “No Impact Experience” em seu cotidiano. Blog LP gostou e te convida a testar também! Aí vai a lista da desintoxicação que faz bem pra saúde e até pro seu bolso:

Dia 1: O detox começa com seus hábitos de consumo! A dica é fazer uma lista de tudo o que precisa comprar no decorrer da semana e dar uma editada, tirando o que não for essencial. Compre tudo o que precisa neste dia, pra passar o resto da semana sem pensar em comprar nada.

Dia 2: Hora de olhar pro seu próprio lixo. Observe tudo o que você descartou neste dia e repense seus hábitos a partir disso. É um bom jeito de entender onde é possível diminuir sua produção de resíduos. O projeto indica você separar seu lixo em 2 categorias: o que você usou por mais de 10 minutos e o que descartou em menos tempo do que isso, pra você pensar se precisou mesmo de tudo e se poderia reciclar alguma dessas coisas.

Dia 3: Sobre como se transportar queimando menos combustível e mais calorias! Trace seus destinos e reorganize seus horários pra utilizar transportes alternativos. Ir de bike pro trabalho, pegar um metrô pra cruzar a cidade mais rápido e caminhar durante o mesmo tempo em que você estaria parado no trânsito são boas ideias.

Dia 4: Você é o que você come – e comida saudável tem muito a ver com redução de emissões! Priorize alimentos locais e diminua a quantidade de produtos prontos. A partir deste dia até o resto da semana você pode testar cardápios orgânicos e descobrir novos mercados. Detox pra vida e pro corpo!

Dia 5: Reduza energia. O que gasta energia em cada cômodo da sua casa? Precisa estar tudo ligado sempre ou você pode tirar alguns aparelhos da tomada? Selecione os mais usados e priorize-os. Tente passar um tempo sem energia! Acenda velas, coma alimentos ao natural… Desafie seus próprios hábitos.

Dia 6: Economize água! Faça a conta: quanto de água você gasta por dia? Assim você consegue se organizar pra diminuir seu consumo onde é possível. Aqui nesse link você pode calcular seu gasto. E desligue a torneira enquanto não estiver usando!

Dia 7: Dia de ajudar o próximo. Como você pode fazer isso? Comece com coisas pequenas e essenciais pra boa educação, como abrir a porta do elevador pro seu vizinho, por exemplo. Pense em programas de voluntariado pelos quais você se interessaria e faça uma lista das 5 coisas que o deixam feliz – divida isso com as pessoas ao seu redor!

VEJA TAMBÉM: Conheça o Quintal dos Orgânicos, em SP
LEIA MAIS: Sacolas plásticas não serão mais distribuídas nos mercados

Tags:                      

Compartilhe Imprimir Google + Pinterest Whatsapp

Escolhas da Lilian

Últimas