10 momentos da moda verde em 2016!

29.12.2016

Flavia Aranha é bastante reconhecida quando se fala de moda sustentável, especialmente pelos tingimentos naturais – e em 2016 ela lançou uma linha masculina, chamada José! Moda sustentável pra todos!
A ideia é de 2015, mas foi em 2016 que ela ganhou forma: a Parley, organização que luta pra retirada dos plásticos nos oceanos, se juntou a Adidas pra criar uniformes e esse tênis da foto feito com matéria reciclada. O tecido utilizado no tênis tem 95% de plástico do oceano em sua composição!
Essa é a 3ª produção de bolsas da estilista Vivienne Westwood feitas em conjunto com a Ethical Fashion Initiative – uma iniciativa que auxilia mulheres em Nairobi, no Quênia, com a reinserção delas no mercado de trabalho. Além disso, a iniciativa é eco-friendly: todos os modelos foram criados usando tecidos de reuso, painéis de estrada, cortes de couro e latão reciclado
Não dá pra esquecer o editorial sustentável de Laís Ribeiro, a embaixadora do Bottletop – projeto que cria obras de arte e roupas com materiais reciclados, como tampas de latas e garrafas! As peças usadas pela modelo nas fotos são todas feitas pelas artesãs do projeto
A plataforma Moda Limpa ajuda a buscar fornecedores sustentáveis. Se você é um consumidor, também pode encontrar marcas e estilistas que prezam pelo meio-ambiente no site deles!
O uniforme sustentável da equipe da Suécia foi desenvolvido pela H&M – e utilizado nas Olimpíadas Rio 2016. Parte do material é reciclado e outra parte é reutilização de coleções anteriores
O outono-inverno 2016/17 da alta-costurade Viktor & Rolf foi inteiro montada com tecidos e outros elementos de coleções passadas da dupla. E o resultado ficou lindo!
O lançamento do espaço “Green Code” pros consumidores chineses na Semana de Moda de Xangai é um grande passo pra China, uma das maiores poluidoras do mundo quando o assunto é produção de roupa e acessórios
Emma Watson no baile do MET esse ano – o look da Calvin Klein foi feito de garrafa pet! E ele é formado por duas peças separadas – assim, rende mais, dá pra fazer outras combinações… Fica a dica!
Vamos começar a lista pelo Brasil, na bela estreia de Renata Buzzo na Casa de Criadores: a coleção foi inteira montada com tecidos que iriam pro lixo, por conta de cortes mal planejados da ex-costureira dela! Clica pra ver mais iniciativas bacanas da moda verde em 2016

Sustentabilidade é um termo que acompanha marcas novas (e antigas também) – e a gente apoia muito! Acompanhar a produção, remunerar bem os funcionários, utilizar técnicas como o upcycling e a reciclagem, apostar no slow-fashion: tudo é válido quando percebemos que os métodos de produção antigos já não condizem com a situação atual do nosso planeta, com o esgotamento dos recursos e com a necessidade de uma postura que penda mais pro coletivo do que pro individualismo. Por isso, reunimos aqui 10 iniciativas da moda verde em 2016 que nos chamaram a atenção – e já desejamos muitas outras pra 2017! Clica na foto pra conferir!

Tags:                                            

Compartilhar