Categorias: Portfolio

Arte sexy e divertida, por Liana Padilha

23.02.2012

Liana Padilha

Image 1 of 32

Liana Padilha se formou em artes pela EAV do Parque Lage

Liana Padilha é figura conhecida no mundo da moda. Carioca formada pela Escola de Artes Visuais do Parque Lage, ela começou sua carreira nos anos 80, como artista plástica. Em 1992, foi pra SP e teve seu 1º contato direto com moda, na marca Sucumbe a Cólera – fundada com Regis Fadel -, que foi um dos destaques da 2ª edição do Phytoervas Fashion em 1994. Em 2002 ela migrou pra música eletrônica e o sucesso da NoPorn, ao lado de Luca Lauri, rendeu disco e muitos sets na noite paulistana.

Uma das músicas virou um clássico fashionista: “Baile de Peruas” tem letra de André Lima, feita a partir de frases tiradas das críticas dos desfiles do estilista. Virou trilha sonora de uma das apresentações de coleção dele e, até hoje, anima qualquer pista com frases do tipo “A lantejoula apareceu de novo, de novo, de novo, de novo” e “O que era kitsch virou brega” – tipo versão brasileira de “Vogue” da Madonna.

“Gosto da relação da música com a pintura”, resume Liana. Ela voltou a pintar em 2011 e suas obras estão expostas na Choix, em SP, até o dia 5/03, com curadoria de Drausio Gragnani. Tinta acrílica, guache e nanquim são matéria-prima pra criar retratos coloridos, superpops. Seu estilo também foi parar em estampas da Casa Rima, com a temática sexo e amor, que permeia tudo o que a artista faz, sempre com muito humor. Blog LP te mostra tudo aí na galeria, junto de outros trabalhos dela!

VEJA MAIS: As esculturas neopop de Jonathan Seliger
LEIA AINDA: Os registros da noite, por Claudia Guimarães

Tags:                          

Compartilhar