Categorias: Portfolio

Balint Zsako, as colagens

01.12.2010

Balint Zsako é um homem faz-tudo. São múltiplas as técnicas que ele utiliza em seu trabalho de artes plásticas: pintura, escultura, ilustração, fotografia e colagem – sendo que esta última é a mais interessante! Ao olhar rapidamente suas colagens, elas parecem pinturas à óleo dos antigos mestres, saídas direto do século XVI. Leva um tempo pra você perceber que o rosto da mulher retratada tocando um instrumento está encoberto por tecidos, que vão dando uma volta na sua cabeça – vide uma das obras “Sem Nome”, de 2008, que você vê na galeria!

Zsako nasceu em Budapeste, na Hungria; cresceu em Toronto, no Canadá; e mora atualmente em NY, nos EUA. Foi influenciado por Istvan Zsako e Anna Zsako (pai e mãe, ambos artistas plásticos), pelo estudo formal do programa de fotografia da Ryerson, e por tudo o que há ao seu redor. Daí que o material pras suas colagens é extraído, em sua maioria, de folders e catálogos de leilões de arte. Suas composições são um remix de pinturas antigas, de períodos variados (o que faz dos contrastes entre imagens algo intencional), onde ele procura, por exemplo, uma mão com a proporção ideal pra ser colada sobre o corpo um homem. Ou é a desproporção dessa mesma mão que vai fazer com que ela seja a escolhida pra colagem!

E, assim, do jeitinho dele, a figura é rearranjada. O artista diz que sua obra não tem uma mensagem única e que não carrega nenhum apelo político: a possibilidade da construção de narrativas sobre ela, a partir da mistura de elementos, é que a faz tão especial. Gostou?

Tags:                              

Compartilhar