AVAF cria pinturas pra expô em NY

Divulgação
Dentro do ateliê de Eli Sudbrack e Christophe Hamaide-Pierson, do AVAF Próxima Ver mais fotos
Dentro do ateliê de Eli Sudbrack e Christophe Hamaide-Pierson, do AVAF

Tem expô nova do AVAF (Assume Vivid Astro Focus) entrando em cartaz esta semana em NY, na Suzanne Geiss Company, a “Adderall Valium Ativan Focalin (Cantilevering Me)“. E a grande novidade é que pela primeira vez ela é focada em telas pintadas pelo carioca Eli Sudbrack e o parisiense Christophe Hamaide-Pierson, no lugar das instalações maximalistas que eles costumam criar. Expor telas também é uma forma mais fácil de comercializar a arte do coletivo, que mantém a essência: obras supercoloridas, com mais de 2 metros, cheias grafismos e figuras abstratas, fazendo referência a conflitos de classe e especialmente de gênero.

Veja ainda: Cindy Sherman e Jeff Koons customizam sapatos de Charlotte Olympia

As pinturas exploram de forma bem abstrata figuras transexuais brincando com as imagens femininas supersexies usadas em revistas pornôs e quadrinhos. Uma das obras, “Cantilevering Me“, tem uma pimenta vermelha que remete a um artigo do jornal “Red Pepper” que traz a lista de homossexuais procurados pela polícia em Uganda (o país possui desde fevereiro deste ano uma lei condenando homossexuais à prisão perpétua). Vale a visita se for passar pela cidade até 21/06! Blog LP te mostra um pouco do que está por lá na galeria – basta clicar na foto aqui de cima pra abrir!

Tags:                          

Compartilhe Imprimir Google + Pinterest Whatsapp

Escolhas da Lilian

Últimas