Netflix da decoração com móveis de Nicola Formichetti!

28.05.2018

Polêmica com acusação de plágio nesse post do Insta de Ana Kras! A designer escreveu: “A coleção [da Kamark] parece a coleção ‘Slon’ que criei em parceria com a @mattermade em 2015”. Eita! A Kamarq já retirou as peças parecidas do e-commerce… E aí? O que você achou? Conta pra gente nos comentários!
E é interessante pra quem não tem muito espaço: uma peça entra na outra! Quando a galera está em casa, dá pra deixar tudo no cantinho e curtir!
A pegada é divertida e sustentável, pra reduzir gastos desnecessários (a pessoa paga por 6 meses ou 1 ano) e reduzindo lixo – elas voltam pra fábrica e viram outros itens!
Os móveis são pensados pra todo mundo que está sempre mudando – e se reinventando!
As peças modulares, minimalistas e coloridas são pra quem adora mudar a decoração da casa! O resultado é parceria da japonesa Kamarq com design de PJ Adams (esq.) e Nicola Formichetti (dir.) – vem ver mais!

Quem aí curte decoração? Escolher com cuidado os móveis que fazem parte da nossa casa reflete muito de cada um – e é um investimento! Uma empresa japonesa tem uma proposta interessante: em vez de comprar, você pode testar e aproveitar diferentes peças da casa por um tempo, pagando uma quantia mensal… Tipo uma Netflix pra mobílias!

Colab: Marc Jacobs e Anna Sui versão cartoon!

Funciona mais ou menos assim: você escolhe entre prateleiras e mesas, aquelas que mais te interessam. Por uma quantia incrivelmente pequena – a partir de US$ 5 (tipo R$ 15) por mês – entregam tudo na sua casa e você pode usar pelo mínimo de 6 meses ou 1 ano. Depois desse tempinho, dá pra trocar tudo ou até comprar de vez o que mais curtiu! A iniciativa é da empresa Kamarq e o design das peças é uma parceria entre o designer belga PJ Mattan e… Nicola Formichetti (que já passou pela direção criativa da Diesel e esteve por trás de looks bafônicos de Lady Gaga)!

Veja também: futurismo com Pabllo Vittar pra Chilli Beans!

Outra coisa bacana é que as peças tem pegada sustentável, com matérias-primas recicláveis e estrutura modular pra ocupar menos espaço! A ideia parece promissora, mas já rolou o maior bafafá… Algumas mesas e cadeiras foram acusadas de serem plágio da designer belga Ana Kras. A empresa oriental já retirou essas peças do e-commerce e da pop-up store de NY (montada especialmente pra New York Design Week, que vai até 23/05). Será que essa moda pega aqui no Brasil? É esperar pra saber! Vem ver os móveis, os criadores e saber mais da polêmica na galeria – clica na foto! 

Tags:                                          

Compartilhar