M/M (Paris): saiba mais sobre os designers preferidos dos fashionistas!

13.03.2013

E esse é o “The Pradalphabet”, que foi um alfabeto que criaram pra grife italiana e estampou camisetas exclusivas
O trabalho de tipografia da dupla é um show à parte
Marc Jacobs posou pra um cartão postal do estúdio. Você ia gostar de recebê-lo em casa?
Anúncio da Calvin Klein Jeans, de 2002
Eles sempre colaboram com a cantora, tanto que assinaram a capa do último disco dela, “Biophilia”
Björk na capa da “Interview”, quando os 2 trabalharam lá
E, aqui, exemplo do trabalho deles no período que foram os diretores de arte da revista
Eles já trabalharam muitos anos com Nicolas Ghesquière e a stylist Marie Amélie-Sauvè na Balenciaga, sendo ela quem apresentou os 2 pra Carine Roitfeld e abriu as portas pra eles na “Vogue” Paris
No site, também dá pra comprar esses e outros pôsteres; aqui, imagens da campanha de outono-inverno 2002/03 da Balenciaga
E o último do desfile de alta-costura – eles, aliás, tem até um livro só com os convites da grife, chamado “The Givenchy Files”, à venda na loja online do estúdio
Esse foi o convite do último desfile masculino da Givenchy, de outono-inverno 2013/14, inspirado pela coleção de Riccardo Tisci – a dupla conheceu o estilista ainda quando ele não trabalhava pra marca, levando os 2 designers pra lá depois de assumir a direção criativa da etiqueta
Michael Amzalag e Mathias Augustyniak são os nomes por trás do M/M Paris – clica na foto pra conferir mais do trabalho incrível deles!

Você conhece o M/M (Paris)? Talvez não os reconheça por nome, mas provavelmente já viu algum trabalho deles por aí. Mathias Augustyniak e Michael Amzalag são os dois franceses por trás desse estúdio de design, que está há mais de 20 anos no mercado sempre colaborando com o mundo da moda – seja com grandes grifes, como Balenciaga e Givenchy, ou com grandes fotógrafos, como a dupla Inez & Vinoodh.

Blog LP reuniu os principais nomes do styling internacional – clica no link!

Eles se conheceram quando estavam na universidade, em Paris, em 1988. Criaram o M/M (Paris) em 1992. Seus 1ºs trabalhos eram principalmente relacionados à música, criando capas de discos – coisa que fazem até hoje, com Björk e Madonna entre os nomes que estão no portfólio. Já em 1993 eles começaram a colaborar com estilistas e marcas. A 1ª foi a Y’s by Yohji Yamamoto, a 2ª linha do japonês, e a partir daí começaram longas colaborações com Jil Sander, Calvin Klein, Thierry Mugler e com o próprio Yohji.

Com uma verdadeira obsessão pela tipografia, a dupla já criou alfabetos incríveis, de todas as formas possíveis: letras com rosto e corpo de modelos, um alfabeto da Prada, diversos tipos de caligrafia e o que mais você possa imaginar. Tudo isso fez com que em 2001, através de Marie Amélie-Sauvé que trabalhava pra “Vogue” Paris, eles fossem apresentados pra Carine Roitfeld. Assim, passaram a integrar a equipe da revista como diretores de arte. O M/M (Paris) saiu de lá em 2003 e já passou por outras publicações na mesma função: “Interview“, “Purple Magazine“, “Arena Homme +“…

Já conhece o trabalho da artista de rua Bambi? Vem ver!

Em 2012, quando completaram 20 anos de trabalho, eles fizeram um livro, o “M to M of M/M (Paris)”, que reúne toda a trajetória da dupla. Esse livro, aliás, acaba de ganhar uma reedição americana, que pode ser encontrada na Amazon. Mas retrospectivas da dupla já haviam ocupado museus, como a que aconteceu em 2008 no Centre Pompidou, outra no Guggenheim e ainda outra no Palais de Tokyo. Alguns de seus trabalhos estão à venda na loja online do estúdio, como pôsteres, revistas e outras impressões – e com entrega pro Brasil pra quem se interessar! Na nossa galeria você confere um pouco mais sobre o trabalho superbacana desses franceses – clica na foto!

Tags:                                                  

Compartilhar