Abstracionismo geométrico em expô da Galeria Houssein Jarouche

30.11.2017

Essa é de Max Bill, um dos principais nomes desse tipo de arte! Curtiu? Passa lá
Em meio à inundação de imagens do mundo atual, o abstracionismo geométrico propõe reflexões sobre o silêncio. A obra é de Ann Hamilton
Essa é de Ed Ruscha
A mostra evidencia o papel do silêncio e do vazio na arte – obra de Frank Stella
Obra de Iran do Espírito Santo – aqui a economia de gestos é evidente!
As produções do abstracionismo geométrico surgiram a partir do concretismo. Essa é de Judith Lauand
Essa obra é de Luiz Zerbini. Clica na foto pra ver outras que estão na mostra!

A Galeria Houssein Jarouche, inaugurada em julho desse ano, abre, nessa quinta-feira, 30/11, às 19h, a exposição “Antes e Depois da Imagem – Um Olhar sobre Abstração e Geometria no Acervo Houssein Jarouche”. Ela reúne 24 obras que seguem a linha do abstracionismo geométrico, originado do concretismo. Com a curadoria de Luisa Duarte, a mostra exibe trabalhos de nove artistas, entre eles Frank Stella, Ed Ruscha, Iran do Espírito Santo e Luiz Zerbini, que exploram a economia de gestos na contramão da pop art (caracterizada pelo excesso de imagens, cores e referências ao meio urbano). Enfim, essas obras revelam o lado da arte capaz de provocar o silêncio, em meio à abundância de imagens que vivemos hoje. Clica na galeria pra ver um preview da expô!

“Antes e Depois da Imagem – Um Olhar sobre Abstração e Geometria no Acervo Houssein Jarouche”
1/12 a 27/01, terça a sexta das 10h às 19h; sábado das 10h às 17h
Galeria Houssein Jarouche: r. Estados Unidos, 2205, Jardim América, SP
(11) 3061-0690
Entrada franca

Tags:                              

Compartilhar