Fim de semana da Virada Cultural em SP

19.06.2015

A gente adora a Daúde, que tem um som superdançante!
A dupla do Estúdio Xingu Zeca Gerace e Victor Correa prepara a “Gente Jardim”
Caetano é a grande atração dessa Virada
Inezita Barroso, que morreu nesse ano, é homenageada pelo evento
É hora da Virada – confira os roteiros!

SP está muito fervida nesse fim de semana, viu? É nesses dias 20 e 21/06 que rola a Virada Cultural na capital paulista, com direito a show de… Caetano Veloso! Tá bom pra você? Mas claro, ele não é a única atração, e como SP não para, também tem várias coisas pra fazer inclusive fora da programação oficial. Como a gente é muito legal, facilitamos sua vida e fizemos roteiros personalizados baseados em perfis diferentes de programas, que você pode seguir à risca ou até mesclar, que tal? Confira e divirta-se! Ah, e antes que a gente esqueça: o show do Caetano rola na praça Julio Prestes no domingo, às 18h, encerrando a programação!

Roteiro pra quem adora futurismo: no Catavento Cultural (Palácio das Indústrias, praça Cívica Ulisses Guimarães, s/no, referência av. Mercúrio e parque Dom Pedro II, Centro), tem sessões dos filmes “De Volta Para o Futuro” 1, 2 e 3 respectivamente às 11h, 13h e 15h – faz 30 anos que a 1ª parte da saga de Marty McFly chegou aos cinemas! No mesmo local, no domingo às 10h, tem hockey com… robôs que mexem via controle remoto. No mínimo inusitado! A saber: o Sesc Vila Mariana (r. Pelotas, 141) também passa a saga “De Volta Para o Futuro“, respectivamente às 19h, 21h30 e 0h. Pra almoçar ou jantar, você pode tentar o Jedi’s Burguer & Grill, a lanchonete temática de “Star Wars” que fica na Chácara Santo Antonio! E você já assistiu ao “Mad Max: Estrada da Fúria“? Continua em cartaz: corre que é muito bom, pra quem gosta desse futurismo apocalíptico!

Roteiro pra quem está em clima de festa junina: a abertura oficial da Virada acontece no palco da praça da República, com a Orquestra Paulistana de Viola Caipira, regida pelo maestro Rui Torneze. É o “Arraial da Inezita Barroso”, que rola durante todo o fim de semana ali homenageando a cantora que morreu em março desse ano e que conta com música mais barracas de comidas típicas das festas do mês. Outra festa junina? No largo da Batata e no MIS (av. Europa, 158, Jardim Europa) também tem! E vale conferir a programação geral de festas que a gente já publicou – tem muitas! Quem quiser frango pode correr pra praça Roosevelt pra experimentar a galinhada de diversos chefs no Galinhódromo – tem participação do Bar do Biu, Bar da Dona Onça, Dalva & Dito, a famosa Galinhada do Bahia… Muito tempero pra experimentar! No sábado, das 14h às 18h, rola a Quer Messy, quermesse da estilista Adriana Barra em sua loja na al. Franca, 1.243, Jardins. Nos dois dias, a partir das 13h, também tem o arraial da marca de cosméticos Lush na r. da Consolação, 3459, Jardins, com comidinhas pros clientes e convidados. E pra quem quer sair um pouco do centro mas faz questão de continuar no clima, Almir Sater faz show no Sesc Interlagos (av. Manuel Alves Soares, 1.100) às 16h de domingo.

Roteiro pra quem ama bike: você pode começar pelas bike foods, um desenvolvimento dos food trucks só que sob duas rodas! Elas vão se concentrar na região da Luz e os organizadores prometem desde comida peruana até waffles e cachorro quente! No sábado, entre 12h e 20h, acontece a inauguração da Praça Velorama na r. Groelândia, 848 – o espaço conta com food truck, bar e lojinha com produtos pra quem anda de bicicleta, mas a atração superespecial é o aluguel de bikes elétricas da E-Moving! Já o Museu da Casa Brasileira, que abre no sábado das 10h às 23h e no domingo das 10h às 18h (av. Brigadeiro Faria Lima, 2705, Jardim Paulistano), conta com uma unidade da Bicicloteca, projeto de biblioteca sobre rodas que empresta e recebe doações de livros – oportunidade de doar aqueles livros que você não quer mais pra uma iniciativa bacana. O mesmo museu, aliás, é tipo um point do momento pros bicicleteiros: é o ponto de partida do Biketour SP, passeio de bicicleta que passa por pontos turísticos de SP (mais informações e inscrições no www.biketoursp.com.br); está com uma exposição em cartaz, a “Pedalá&Cá“, que fala sobre a experiência holandesa no uso do transporte; conta com um debate às 17h30 do sábado, o “São Paulo, espaços públicos possíveis e impossíveis”, com Guil Blanche, Lincoln Paiva e Renata Falzoni; exibe o documentárioBikes vs Cars“, do cineasta sueco Fredrik Gertten, no mesmo sábado às 19h… Bom pro esquenta da abertura da ciclovia na av. Paulista no dia 28/06, hein?

Roteiro pra quem estendeu o dia 12/06 até agora e está numa onda romântica: que tal um jazzinho? No Sesc Santana (av. Luiz Dumont Villares, 579) rola Jazz na Kombi às 19h, 21h e 22h30 do sábado. Na praça Julio Prestes, de madrugada (às 3h), é hora de curtir Fabio Jr., que participa pela 1ª vez da Virada. Um show bom pra assistir com seu par é o da Tiê, que rola no palco São Francisco às 14h de domingo. Pra comer, a gente sugere a clássica Avanhandava, cheia de restaurantes deliciosos e num clima muito bonitinho – e dá pra passar no brechó Gato Bravo, na mesma rua, pra comprar alguma coisa pro seu amor!

Roteiro pra quem quer dançar: às 19h de sábado, o grupo de cumbia de El Salvador Cumbia Negra toca no palco Casper Líbero. Mas isso é só o esquenta: Daniela Mercury homenageia os 30 anos de axé com Márcia Castro às 21h no palco da praça Julio Prestes! Quer dar um tempinho, de leve? Tem sessão de “Flashdance – Em Ritmo de Embalo” às 21h30 no Cinesesc! O terminal Princesa Isabel, no palco dos musicais, recebe Tiago Abravanel cantando/interpretando Tim Maia às 22h. Quem quiser curtir o suíngue de Daúde pode passar pelo palco Barão de Limeira às 23h. Aí a noite já vai ter chegado mas você pode passar pelo Vale do Anhangabaú pra ver Lady Zu às 2h. Aí corre pro palco Arouche, às 3h tem Sidney Magal e às 9h tem Ludmilla – é hoje! Caso o fôlego não tenha terminado, a banda Opalas com participação de Sandra de Sá se apresenta no palco do Vale do Anhangabaú ao meio-dia. E quando bater a fome no jantar, a dica é o Tex Redneck Bar, que fica na r. da Consolação, 3459, Jardins e tem pista de dança – ninguém fica parado! Se animar, o local também conta com boliche, karaokê…

Roteiro pra quem quer experimentar coisas diferentes: o parque do Ibirapuera recebe o “Experimenta Portugal“, uma parceria da Secretaria Municipal da Cultura com o Consulado Geral de Portugal que traz culinária, música, cinema, literatura e mais do país. Interessante, né? E o Museu da Casa Brasileira (av. Brigadeiro Faria Lima, 2705, Jardim Paulistano) conta com uma inusitada aula aberta de contato improvisação, uma vertente da dança pós-moderna, às 10h30 do sábado. O melhor: não precisa de inscrição! Outro local interessante é o tablado Cultura Popular no Anhangabaú que tem programação durante toda a Virada com maracatu, jongo, afoxé, congada… No Sesc Pompéia (r. Clélia, 93), o público é convidado a se maquiar como uma drag queen (!) na ação “Make Yourself a Queen” no sábado das 18h à 0h e no domingo das 12h às 18h. No sábado, às 18h, os tambores japoneses rufam no “Taiko Kiendaiko Daiko” no Sesc Itaquera (av. Fernando do Espírito Santo Alves de Mattos, 1.000). No mesmo dia, às 19h, a gente está supercurioso pra ver o que o Estúdio Xingu vai fazer às 19h com a performance chamada “Gente Jardim” no Minhocão. Pra jantar, a nossa sugestão é ir pros Jardins e comer na Tartuferia San Paolo – de sobremesa, peça o brigadeiro com trufas! Às 22h, o melhor figurino masculino que o cinema nacional já viu entra em cena na São Francisco, com “Bandido da Luz Vermelha” de Rogério Sganzerla – a trilha é ao vivo, por Roberto Luna! No domingo às 17h, no palco Barão de Limeira, uma boa pedida pra fechar sua programação é o show do francês Féloche, que mistura sons de ilha La Gomera com batida eletrônica e funk americano. Detalhe: ele toca bandolim!

Roteiro pra quem preferia estar em Londres: no Cultura Inglesa Festival a exposição “Fantástico Mundo Britânico” faz uma imersão em histórias da literatura, cinema e música do Reino Unido no Centro Cultural São Paulo (r. Vergueiro, 1000) ambos os dias, das 10h às 18h. Quem quiser ouvir “Heroes” de David Bowie pode assistir à versão de André Frateschi na choperia do Sesc Pompeia (r. Clélia, 93) no sábado, às 21h30. No mesmo Sesc porém no teatro, a babá “Mary Poppins” mostra a Londres de 1910 no filme homônimo clássico da Disney no domingo, às 12h. E ainda do festival da Cultura, tem show de Johnny Marr, que era do The Smiths, no mesmo domingo às 19h no Memorial da América Latina. Pra comer? Passa no Calçadão Urbanóide na Augusta, 1.201: fish & chips!

Tags:                                                                                              

Compartilhar