Confira o desfile que rolou na segunda Bienal de Artes da Ouvidor 63

Felipe Gabriel / Red bull content pool
Performances poderosas na Bienal de Artes da Ouvidor 63 - clica na galeria pra ver! Próxima Ver mais fotos
Performances poderosas na Bienal de Artes da Ouvidor 63 - clica na galeria pra ver!

A Bienal de Artes da Ouvidor 63 é um roteiro que acontece em paralelo à Bienal de Artes de São Paulo, buscando questionar e debater os caminhos que a arte contemporânea (e a moda!) vem trilhando e propondo um novo mundo. O evento apresenta obras de mais de 300 artistas – a maior ocupação artística da América Latina – e conta com uma programação especial de exposições, palestras, performances e instalações entre o Red Bull Station e um prédio de 13 andares na rua do Ouvidor.

A Bienal 2018 começou e é superestimulante – clica aqui pra ver!

Um dos destaques dessa edição é o desfile de costura consciente (NÃO) Desfile – Outros Mundos Possíveis Para a Moda, que aconteceu no dia 6/09 e é uma parceria entre a Coletiva Brechó Meia Três e o Lab de Costura Consciente, de Alexa Gomes, Erika Carabina e Andrea Guzman Jerez. As marcas desfiladas, que fazem parte da Coletiva Brechó, são de mulheres de diferentes etnias com marcas autorais que propõe reinvenção, reapropriação e ressignificação da moda. Entre elas estão a Bem Te Quer BrechóDenegrindo SPEKPolimorfaNossa Estampa.

A marca mineira Plural agora está em SP – vem saber mais!

Outro ponto interessante foi a performance “Da Ponte Pra Cá“, que propôs uma reflexão sobre o fast-fashion fazendo críticas à mecanização do processo criativo, exploração de mão de obra e poluição da natureza. Clica na galeria pra conferir!

Tags:                                      

Compartilhe Imprimir Google + Pinterest Whatsapp

Escolhas da Lilian

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas