Categorias: E Mais... Prazeres

Concurso de miss não vai mais ser o mesmo?

06.06.2018

Parece que é real: Gretchen Carlson, a presidente do conselho da organização do Miss América, declarou em um comunicado oficial que o desfile de moda praia do concurso foi extinto. E disse mais: que as participantes não vão mais ser julgadas pela aparência física!

“Ouvimos várias garotas dizendo ‘adoraríamos fazer parte do concurso mas não queremos estar lá de salto alto e biquíni‘, então adivinha, vocês não precisam mais fazer isso. Quem não quer ser empoderada, aprender habilidades de liderança, pagar pela universidade e ser capaz de mostrar quem você é enquanto pessoa, no fundo da sua alma, ao mundo? É isso que vamos julgar agora. Somos abertos, inclusivos e transparentes, e quero inspirar milhares de jovens pelo país a ser parte do nosso concurso. Queremos vocês e queremos celebrar suas realizações e seus talentos, e então queremos entregá-las bolsas de estudo“.

Veja também: as misses que bombaram no Miss Brasil 2018

Uau! Toda essa mudança acontece depois de um escândalo na organização, reportado pelo “Huffington Post”, no qual líderes e funcionários fizeram comentários negativos sobre concorrentes a respeito de peso e vida sexual (!) via e-mail. Tudo isso causou uma grande mudança nos quadros em dezembro de 2017 e, agora, essa reação de um novo Miss América pra uma nova era. A mudança já vinha pintando desde de 2016: Erin O’Flaherty foi a primeira concorrente abertamente lésbica do evento (ela era a Miss Missouri). Agora, a promessa é por uma maior diversidade de corpos. O próximo evento ocorre no dia 9/09 em Nova Jérsei. Será que outros concursos, inclusive os de caráter mundial como o Miss Universo e Miss Mundo, vão acompanhar essa onda? Alô, Miss Brasil!

Tags:              

Compartilhar