Prefeito americano bane Nike em esportes de sua cidade

Getty images
Colin Kaepernick ajoelhado durante o hino nacional americano em jogo da NFL. "Não vou ficar em pé pra mostrar orgulho pela bandeira de um país que oprime as pessoas negras. Pra mim, isso é maior que futebol e pode ser egoísta da minha parte olhar de outra maneira", disse o jogador Próxima Ver mais fotos
Colin Kaepernick ajoelhado durante o hino nacional americano em jogo da NFL. "Não vou ficar em pé pra mostrar orgulho pela bandeira de um país que oprime as pessoas negras. Pra mim, isso é maior que futebol e pode ser egoísta da minha parte olhar de outra maneira", disse o jogador

A nova campanha da Nike com o clássico slogan “Just do It” acabou mergulhada em um novo significado político nos EUA. Lançada no dia 3/09, ela comemora os 30 anos do slogan e traz o jogador de futebol americano Colin Kaepernick, que marcou presença nas manchetes de 2016 por ter se sentado durante o hino nacional americano em um jogo da NFL pra protestar contra o racismo e brutalidade contra negros de seu país. Pra conectar a frase “just do it” com o protesto de Colin foi um pulo – tanto pra quem é favor da causa… quanto pra quem é contra.

Roger Federer deixa a Nike pela Uniqlo

O anúncio causou polêmica principalmente em Kenner, Louisiana, onde o prefeito da cidade Ben Zahn decidiu proibir o uso de peças que tenham o logo da marca em espaços recreativos públicos. Ele ainda solicita que clubes esportivos recusem o recebimento e uso de todos os produtos Nike. Zahn afirma estar apenas sendo justo e protegendo os dólares dos contribuintes que estão tendo seu dinheiro usado em uma “campanha política”. Outros grupos do país também organizaram protestos relacionados à campanha e até pedem boicote. O que você acha dessa história? Comente!

Tags:                  

Compartilhe Imprimir Google + Pinterest Whatsapp

Escolhas da Lilian

Últimas