Arte como luta: a exposição sobre feministas dos anos 70

Divulgação
Vem ver a exposição sobre as feministas dos anos 70 em cartaz em Milão Próxima Ver mais fotos
Vem ver a exposição sobre as feministas dos anos 70 em cartaz em Milão

A exposição “The Unexpected Subject: 1978 Art and Feminism in Italy” está em cartaz no FM Center for Contemporary Art em Milão e fala sobre as artistas feministas dos anos 70 quebrando o domínio patriarcal da arte – bem interessante! São mais de 100 artistas selecionados pela curadoria de Raffaella Perna e Marco Scotini.

+ A icônica 501 da Levi’s e sua primeira garota-propaganda

A Dior patrocina a exibição – lembra que a marca trabalhou com Tomaso Binga (pseudônimo de Bianca Pucciarelli) no desfile de outono-inverno 2019/20? Dá uma olhada! Uma versão do “Alfabetiere Murale“, uma das obras mais importantes de Tomaso, era o cenário, e a artista foi convidada por Maria Grazia Chiuri pra recitar um texto antes da apresentação começar. 

As cantoras brasileiras arrasaram no Lolla – vem ver!

Um dos nomes principais da expô fora Tomaso é o de Carla Lonzi, historiadora de arte e influente ativista que fundou com a artista abstrata Carla Accardi um grupo chamado Rivolta Femminile (Revolta Feminina) em 1970. Quatro anos depois, lançou o manifesto feminista “Sputiamo su Hegel” (Cuspir em Hegel). Corre na galeria pra ver um preview -“The Unexpected Subject: 1978 Art and Feminism in Italy” fica em cartaz até 26/05.

Tags:                                                  

Compartilhe Imprimir Google + Pinterest Whatsapp

Escolhas da Lilian

Últimas